quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

POLÊMICA DA SEMANA - FERRARI AMEAÇA DEIXAR F1 CONTRA MOTOR PADRÃO: "NÃO FICAREMOS DE JOELHOS".




A Fórmula 1 vive momentos de indefinição. A FIA deu aval a Jean Todt (presidente da própria entidade) e Bernie Ecclestone (mandatário da F1) para eventuais mudanças na categoria, que podem começar pelo tipo de motor utilizado nos carros. Pelo menos no que depender da pressão da Ferrari, a alteração não deve ser feita.

 “Seria uma grande pena se a Ferrari deixasse a Fórmula 1, mas não podemos ser colocados de joelhos sem dizer nada”, ameaçou o presidente da escuderia, Sergio Marchionne, durante a tradicional coletiva de imprensa natalina da Ferrari.

 A ideia da FIA é de proporcionar motores alternativos para as equipes que não tenham acordos com as atuais fabricantes. A alteração só teria efeito a partir de 2017, mas a discussão tem incomodado as fabricantes mais poderosas da F1. 

 “Se transformarmos a Fórmula 1 em Nascar, nós vamos perder a vantagem da experiência em soluções de pista. Isso pode impactar nos nossos resultados. Nós entendemos as dificuldades enfrentadas pelos times menores, mas não cabe à Ferrari resolver isso, e sim à FOM [Formula One Management]”, prosseguiu o mandatário.

 Diante de tanta resistência, Ecclestone pode recorrer à ajuda da União Europeia com a justificativa de que estas fabricantes podem prejudicar a concorrência justa na categoria. “Eles são contra essas coisas anticompetitivas e não gostam de cartéis”, afirmou o presidente da F1.

 Outra crítica de Marchionne parte da campanha levantada pela Red Bull. Antes de optar por dar sequência aos motores da Renault, que agora serão chamados de TAG-Heuer, a escuderia austríaca chegou a tentar um acerto com Honda, Mercedes e a própria Ferrari.

 “A Red Bull é uma equipe incompleta”, começou o italiano. “Eu achei ofensivo e pretensioso que eles pensem que alguém deveria fortalecer uma equipe que já está em posição muito competitiva”, reclamou o líder da Ferrari.

Fonte: Yahooesportes

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe! Deixe aqui seu comentário. Obrigado!

TV MOTOR

TV MOTOR
Tricampeonato de Nelson Piquet

TV MOTOR

PODERÁ GOSTAR TAMBÉM

IMAGEM DA SEMANA

Vitor Genz, tornou-se o primeiro piloto gaúcho a conquistar uma vitória na Stock Car, a gloria aconteceu na corrida 2, disputada em Cascavel (PR), no último domingo (11).

POLÊMICA DA SEMANA - CANCELADA ETAPA DE CASCAVEL (PR) DA F-TRUCK

A organização da Fórmula Truck, em caráter oficial, comunica o cancelamento da etapa no autódromo Zilmar Beux que estava marcada para o dia 18 de junho. Devido a vários imprevistos que ocorreram desde o adiamento da quarta etapa, que aconteceria no dia 4 de junho, a direção decidiu nesta quarta-feira realizar o cancelamento da corrida em Cascavel-PR.


A organização do evento lamenta profundamente o ocorrido e pede a compreensão de todos que iriam prestigiar a corrida no próximo domingo.


REEMBOLSO


Para quem realizou a compra antecipada de ingresso e credencial para o evento, o reembolso está garantido. Pedimos que retornem ao ponto de venda com o boné e ingresso até o dia 24 de junho e o valor do mesmo será devolvido.


Aos que adquiriram ingressos e/ou credencias pelo site virtual da Fórmula Truck, o valor do ticket será estornado. Quaisquer dúvidas, os fãs da categoria poderão adquirir informações via chat da loja virtual, inbox do Facebook ou e-mail: comunicacao@formulatruck.com.br


Fonte de pesquisa e reprodução: www.formulatruck.com.br

VÍDEOS INTERESSANTES, EDIÇÃO Nº 25 - FABRICAÇÃO DE UM F-1

GP COMPLETO

*

GP ITÁLIA 1992, MONZA

A 6ª edição do nosso quadro "GP Completo", traz o charmoso e clássico GP Itália, pista "velha" e que traz fortes emoções em qualquer ano que seja disputado. O ano é 1992, as Williams-Renault eram os carros a serem perseguidos pelos adversários, a dupla de pilotos era formada por Nigell Mansell e Ricardo Patrese, que corria em casa.

CINEMA NO BLOG

CINEMA NO BLOG

EM CARTAZ

EM CARTAZ

ECURRALADO

CARINHA DO BLOG (TRISTE)

CARINHA DO BLOG (TRISTE)

O número 13 parece não dá sorte mesmo, pois bem, foi o que aconteceu com o Oreca nº 13 da Rebellion Racing, pilotado por Nelsinho Piquet, Mathias Beche e David Heinemeier-Hansson, eles tinham conquistado o segundo lugar da classe LMP2 e o terceiro posto geral.


Mas a equipe teve que fazer um reparo no motor de arranque e por isso abriram um buraco no carro ao qual danificou uma das homologações, ferindo assim o regulamento. E daí a punição. lamentável!!!

DEDICATÓRIAS

DEDICATÓRIAS
Poster autografado (por Nelson Piquet) para o blogueiro Claudio Heliano

'

'
Poster autografado (por Nigel Mansell) par ao blogueiro Claudio Heliano

'

'
Autografada por Luiz Razia