sábado, 13 de março de 2010

A PRIMEIRA POLE POSITION DA F-1 2010

Sejam bem Vindos à todos que sempre visitam este humilde Blog e àqueles que estão "chegando" pela primeira vez. Espero passar para vocês boas informações, curiosidades, enquetes, vídeos, imagens, enfim uma boa variedade para amigo leitor está antenado de tudo que envolve o circo da fórmula 1, como também, o que cerca o automobilismo mundial.

O CIRCUITO

A temporada 2010 da F-1 começou para valer e o primeiro desafio é o GP do Bahrein, no circuito do Sakhir, que fora construído em 2003/2004 na cidade de Manama, no principado de Bahrein. a pista demorou 16 meses para ser construída e custou a pequena fortuna de US$ 150 milhões.


Por estar localizado no deserto, a areia é um grande desafio para se acertar os carros e qualquer sujeira nos pneus podem fazer com que o carro escorregue de uma forma inesperada. Este GP é disputado desde 2004, de lá para cá alguns pilotos tiveram a honra de subir no lugar mais alto do pódio (1º lugar), eis eles: M. Schumacher (2004), F. Alonso (2005 e 2006), F. Massa (2007 e 2008) e J. Button (2009).

O TREINO CLASSIFICÁTORIO

E para 2010, o que esperar? Tenham certeza de uma coisa: "o bicho vai pegar". Após o primeiro treino classificátorio disputado agora há pouco, o grande felizardo com a pole position (aquele que larga em primeiro lugar) e que será o alvo a ser "demolido" foi o alemão Sebastian Vettel da RBR, vice-campeão em 2009 e um dos "nomes" ao título da temporada. Ao seu lado largará o brasileiro Felipe Massa, que conseguiu vencer seu primeiro duelo particular com o bi-campeão Fernando Alonso, seu companheiro de equipe e que largará na 3º colocação. E onde foram para as surpreendentes McLaren? Bom o Hamilton sairá em 4º e o Button, que num primeiro momento deixou a desejar largará em 8º.


E o "veinho" Schumy? Esse dispensa apresentações, não é verdade?! Largará numa ótima 7º posto, uma posição a frente do campeão de 2009, J. Button e duas atrás do Nico Rosberg (5º), seu companheiro de equipe e que está na categoria desde 2006.Lembrando que Schumacher deixou a F-1 no final da temporada de 2006 e que está sem pilotar um bólido há três anos.

As equipes estreantes terão muito que andar para conseguir pelo menos estar correndo num ritmo que possa permitir não tomar "voltas" dos líderes. Pois, se for depender dos tempos de classificação, que chegou a cerca de 10 segundo do pole position Vettel (1.54.101) para Karun Chandhok 24º (2.04.904). Tivemos a volta do nome Senna na categoria representado pelo Bruno Senna, sobrinho do tricampeão de F-1, Ayrton Senna (88, 90 e 91).

O GRANDE PRÊMIO

Será disputado em 49 voltas, oito a menos que 2009 (57), a pista foi esticada em 887 metros. A Rede Globo irá transmitir a prova ao vivo às 09:00 h. de Brasília. No Sakhir será às 15:00 h. Mark Webber da RBR criticou a mudança “Nada além de curvas fechadas. Acelera, freia, acelera, freia”. Sebastian Vettel, seu comnpanheiro de equipe também criticou as mudanças "Eu preferia uma parte com curvas rápidas”.


O GRID

1 ) Sebastian Vettel (ALE/RBR-Renault) - 1.54.101
2 ) Felipe Massa (BRA/Ferrari) - 1.54.242
3 ) Fernando Alonso (ESP/Ferrari) - 1.54.608
4 ) Lewis Hamilton (ING/McLaren-Mercedes) - 1.55.217
5 ) Nico Rosberg (ALE/Mercedes) - 1.55.241
6 ) Mark Webber (AUS/RBR-Renault) - 1.55.284
7 ) Michael Schumacher (ALE/Mercedes) - 1.55.524
8 ) Jenson Button (ING/McLaren-Mercedes) - 1.55.672
9 ) Robert Kubica (POL/Renault) - 1.55.885
10 ) Adrian Sutil (ALE/Force India-Mercedes) - 1.56.309
11 ) Rubens Barrichello (BRA/Williams-Cosworth) - 1.55.330
12 ) Vitantonio Liuzzi (ITA/Force India-Mercedes) - 1.55.653
13 ) Nico Hulkenberg (ALE/Williams-Cosworth) - 1.55.857
14 ) Pedro de la Rosa (ESP/Sauber-Ferrari) - 1.56.237
15 ) Sebastien Buemi (SUI/STR-Ferrari) - 1.56.265
16 ) Kamui Kobayashi (JAP/Sauber-Ferrari) - 1.56.270
17 ) Vitaly Petrov (RUS/Renault) - 1.56.619
18 ) Jaime Alguersuari (ESP/STR-Ferrari) - 1.57.071
19 ) Timo Glock (ALE/VRT-Cosworth) - 1.59.728
20 ) Jarno Trulli (ITA/Lotus-Cosworth) - 1.59.852
21 ) Heikki Kovalainen (FIN/Lotus-Cosworth) - 2.00.312
22 ) Lucas di Grassi (BRA/VRT-Cosworth) - 2.00.587
23 ) Bruno Senna (BRA/Hispania-Cosworth) - 2.03.240
24 ) Karun Chandhok (IND/Hispania-Cosworth) - 2m04s904



Bye-Bye!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe! Deixe aqui seu comentário. Obrigado!

TV MOTOR

TV MOTOR

ULTIMAS VOLTAS GP BRASIL 2006

PODERÁ GOSTAR TAMBÉM

IMAGEM DA SEMANA - INCÊNDIO NA CALIFÓRNIA AMEAÇA AUTÓDROMO DE SONOMA, MAS PRESIDENTE GARANTE QUE..

Um incêndio na região de Santa Rosa, na Califórnia, chegou nos arredores do circuito de Sonoma. O presidente da pista, no entanto, garante que não há risco de danos na estrutura do palco das decisões da Indy.


A pista de Sonoma amanheceu ameaçada por um incêndio florestal que vem se alastrando pela região. Com foco nas proximidades da cidade californiana de Santa Rosa - aproximadamente 50 km distante do circuito -, o incêndio chegou até os arredores da pista, invadindo o terreno do palco da decisão das temporadas da Indy.


Apesar disso, o presidente do circuito garante que não há risco de danos nas estruturas e afirmou que as equipes da pista estão trabalhando ao lado das autoridades públicas para o controle das chamas.


Fonte de pesquisa e reprodução: grandepremio.uol.com.br

POLÊMICA DA SEMANA - NÃO FAZ O MENOR SENTIDO FELIPE MASSA FORA DA WILLIAMS EM 2018

Uma hipotética saída de Felipe Massa da Williams significa jogar por terra o programa de desenvolvimento iniciado em 2017.


Por: Américo Teixeira Junior


Caso a lógica impere, qualquer discussão sobre o teammate de Lance Stroll em 2018 é inócua, pois não faz o menos sentido remover Felipe Massa da posição. Salvo uma imposição contundente do poder econômico, a evolução da Williams e do piloto canadense passam necessariamente pelas mãos do brasileiro vice-campeão mundial.


O fato de a equipe ter se reestruturado e investido em pessoal qualificado, revela estar em franco desenvolvimento um projeto para a equipe fundada por Frank Williams voltar a figurar entre as protagonistas da Fórmula 1, mesmo estando vulnerável à necessidade de recursos.


A presença de Stroll reflete essa vulnerabilidade, mas nem por isso deixou de ser uma aposta no futuro, pois é visível a evolução do piloto, que inegavelmente se destacou nas categorias de base. Sim, pois há um limite para o poder do dinheiro no automobilismo. Vagas, compram-se, mas moeda alguma se converte em qualidade e resultados.


Felipe Massa faz parte dessa engrenagem dentro das pistas, mas principalmente fora delas. Referência técnica e desportiva, é indispensável uma bagagem como a dele na hora de discutir procedimentos e soluções. Já Stroll está incapacitado de fazê-lo por estar ainda, por assim dizer, tentando descobrir para que lado vira a coisa.


É fato que o pai do canadense é sócio da Williams, dono de uma quantidade não revelada de ações. Estima-se que teria comprado 30% das ações pertencentes a Frank Williams. Independentemente de esse número ser correto, a verdade é que sua palavra tem peso, sendo lícito supor que advogue pela manutenção de um formato que tende a evoluir se a Williams for capaz de entregar um carro promissor em 2018.


Não se pode desconsiderar que os “Irma” da vida também sacodem a Fórmula 1 de tempos em tempos, mas em tempos de, quando muito, “tempestades tropicais”, Felipe Massa fica onde está.


Fonte de pesquisa e reprodução: diariomotorsport

VÍDEOS INTERESSANTES, EDIÇÃO Nº 25 - FABRICAÇÃO DE UM F-1

GP COMPLETO

GP COMPLETO

GP MALÁSIA 2004

O nosso quadro GP Completo, edição nº 7 traz o GP da Malásia de 2004 (segunda prova da temporada), já que estamos em um final de semana de corrida de F-1 (GP Malásia) e não por acaso, que escolhi a Malásia para esta edição.Um grid cheio com bastante carros e pilotos, interessante dizer que em 2004 tínhamos três pilotos brasileiros : Barrichello (Ferrari), Cristiano da Matta (Toyota), Felipe Massa (Sauber).

CINEMA NO BLOG

CINEMA NO BLOG

EM CARTAZ

EM CARTAZ

ECURRALADO

CARINHA DO BLOG (TRISTE)

CARINHA DO BLOG (TRISTE)

O número 13 parece não dá sorte mesmo, pois bem, foi o que aconteceu com o Oreca nº 13 da Rebellion Racing, pilotado por Nelsinho Piquet, Mathias Beche e David Heinemeier-Hansson, eles tinham conquistado o segundo lugar da classe LMP2 e o terceiro posto geral.


Mas a equipe teve que fazer um reparo no motor de arranque e por isso abriram um buraco no carro ao qual danificou uma das homologações, ferindo assim o regulamento. E daí a punição. lamentável!!!

DEDICATÓRIAS

DEDICATÓRIAS
Poster autografado (por Nelson Piquet) para o blogueiro Claudio Heliano

'

'
Poster autografado (por Nigel Mansell) par ao blogueiro Claudio Heliano

'

'
Autografada por Luiz Razia