sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010

ARQUIBANCADAS E SETORES DA SÃO PAULO INDY 300

Olá meus companheiros (as) da velocidade!

Para uma melhor informação de como irá funcionar as arquibancadas e setores da prova, esta aí o quadro com informações dos setores das arquibancadas e preços da São Paulo Indy 300. A capital paulista será a única a sediar as duas principais categorias do automobilismo internacional (F-1 e F-Indy).


NOME - Setor Lilás
DESCRIÇÃO - Arquibancada descoberta, em estrutura tubular, na "Reta do Sambódromo". Ampla visibilidade da largada e chegada.
PREÇO R$ 300
QUANTIDADE 1.600

NOME - Setor Vitória
DESCRIÇÃO - Arquibancada descoberta, em estrutura tubular, na "Curva da Vitória", Local de emocionantes duelos por posições.
PREÇO R$250
QUANTIDADE 2.500

NOME Setor Branco
DESCRIÇÃO Arquibancada descoberta, em alvenaria, na "Reta do Sambódromo". Ampla visibilidade da largada, chegada, entrada do "S do Samba" e em frente ao pódio da vitória.
PREÇO R$ 400
QUANTIDADE 7.749

NOME Setor Azul
DESCRIÇÃO Arquibancada descoberta, em alvenaria, na “Reta do Sambódromo”. Ampla visibilidade da largada, chegada e da entrada do “S” do Samba.
PREÇO R$ 250
QUANTIDADE 1.740

NOME Setor Verde
DESCRIÇÃO Arquibancada descoberta, em alvenaria, na "Reta do Sambódromo". Ampla visibilidade da largada e da chegada.
PREÇO R$ 250
QUANTIDADE 1.740

NOME Setor Amarelo
DESCRIÇÃO Arquibancada descoberta, em alvenaria, na "Reta do Sambódromo". Ampla visibilidade da saída da "Curva da Vitória".
PREÇO R$ 250
QUANTIDADE 1.447

NOME Setor Roxo
DESCRIÇÃO Arquibancada descoberta, em alvenaria, na "Reta do Sambódromo". Ampla visibilidade da saída da "Curva da Vitória".
PREÇO R$ 250
QUANTIDADE 1.740

NOME Setor Cinza
DESCRIÇÃO Arquibancada descoberta, em alvenaria, na "Reta do Sambódromo". Ampla visibilidade da saída da "Curva da Vitória".
PREÇO R$ 250
QUANTIDADE 1.740

NOME Setor Laranja
DESCRIÇÃO Arquibancada descoberta, em alvenaria, na "Reta do Sambódromo". Ampla visibilidade da saída da "Curva da Vitória".
PREÇO R$ 250
QUANTIDADE 1.447

NOME Setor Vermelho
DESCRIÇÃO Arquibancada descoberta, em alvenaria, na "Reta do Sambódromo". Ampla visibilidade da largada e da chegada.
PREÇO R$ 250
QUANTIDADE 1.740

NOME Setor Rosa
DESCRIÇÃO Arquibancada descoberta, em alvenaria, na "Reta do Sambódromo". Ampla visibilidade da largada, chegada e da entrada do "S do Samba".
PREÇO R$ 250
QUANTIDADE 1.740

NOME Setor 14 Bis
DESCRIÇÃO Arquibancada descoberta, em estrutura tubular, na saída da "Curva 14 Bis". Ampla visibilidade da saída dos Pits.
PREÇO R$ 100
QUANTIDADE 2.800

NOME Setor Preto
DESCRIÇÃO Arquibancada coberta, em estrutura tubular, lno "S do Samba", local de disputas emocionantes, com visão da "Curva do Mergulho".
PREÇO R$ 500
QUANTIDADE 3.300

NOME Setor Arena
DESCRIÇÃO Arquibancada coberta, em estrutura tubular, no "S do Samba", local de disputas emocionantes, com visão da "Curva do Mergulho".
PREÇO R$ 500
QUANTIDADE 2.600

NOME Setor Tietê
DESCRIÇÃO Arquibancada descoberta, em estrutura tubular, na "Reta dos Bandeirantes" (Marginal do Tietê), local de maior velocidade dos carros.
PREÇO R$ 300
QUANTIDADE 2.600


Boa diversão neste Carnaval e o Apaixonado por F-1 - O seu blog da velocidade faz um alerta: "se for beber vá de táxi".


Bye-Bye!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe! Deixe aqui seu comentário. Obrigado!

TV MOTOR

TV MOTOR
DEPOIMENTO DE FELIPE NARS SOBRE SUA CARREIRA

TV MOTOR

PODERÁ GOSTAR TAMBÉM

IMAGEM DA SEMANA - EQUIPE BAHIA RACING CAMPEÃ DO ENDURANCE 6H. NO KARTÓDROMO PALADINO (JOÃO PESSOA)

IMAGEM DA SEMANA - EQUIPE BAHIA RACING CAMPEÃ DO ENDURANCE 6H. NO KARTÓDROMO PALADINO (JOÃO PESSOA)
Parabéns aos pilotos Diego Freitas, Euvaldo Luz, Victor Luz e Armando Duran!

POLÊMICA DA SEMANA - HALLO NÃO!

HALO NÃO! RIO (gente doida) – Aí que fico algumas horas longe do computador e a FIA decide que será o Halo a proteção de cockpit a ser adotada na F-1 no ano que vem. O Shield, testado por Vettel no fim de semana de Silverstone, foi reprovado em menos de uma volta — o piloto ficou tonto e enjoado.


Como a FIA quer alguma coisa em 2018, resolveu partir para algo que foi bem testado no ano passado.


Acho uma aberração estética. Acho que não impediria a mola de atingir a testa de Massa. Acho que que não salvaria Bianchi. Acho que não serve para muita coisa, exceto para o caso de um pneu voar sobre a cabeça de um piloto. Algo que, convenhamos, não tem acontecido com frequência.


Fonte de pesquisa e reprodução: Blog do Flavio Gomes


VÍDEOS INTERESSANTES, EDIÇÃO Nº 25 - FABRICAÇÃO DE UM F-1

GP COMPLETO

*

GP ITÁLIA 1992, MONZA

A 6ª edição do nosso quadro "GP Completo", traz o charmoso e clássico GP Itália, pista "velha" e que traz fortes emoções em qualquer ano que seja disputado. O ano é 1992, as Williams-Renault eram os carros a serem perseguidos pelos adversários, a dupla de pilotos era formada por Nigell Mansell e Ricardo Patrese, que corria em casa.

CINEMA NO BLOG

CINEMA NO BLOG

EM CARTAZ

EM CARTAZ

ECURRALADO

CARINHA DO BLOG (TRISTE)

CARINHA DO BLOG (TRISTE)

O número 13 parece não dá sorte mesmo, pois bem, foi o que aconteceu com o Oreca nº 13 da Rebellion Racing, pilotado por Nelsinho Piquet, Mathias Beche e David Heinemeier-Hansson, eles tinham conquistado o segundo lugar da classe LMP2 e o terceiro posto geral.


Mas a equipe teve que fazer um reparo no motor de arranque e por isso abriram um buraco no carro ao qual danificou uma das homologações, ferindo assim o regulamento. E daí a punição. lamentável!!!

DEDICATÓRIAS

DEDICATÓRIAS
Poster autografado (por Nelson Piquet) para o blogueiro Claudio Heliano

'

'
Poster autografado (por Nigel Mansell) par ao blogueiro Claudio Heliano

'

'
Autografada por Luiz Razia