domingo, 14 de junho de 2009

ESPANHA

Caramba! O que foi que fizeram com o nosso Barrichello? Uma vitória certa “na mão”. A melhor largada dele neste ano saindo de terceiro no grid de largada para primeiro deixando Button e Vettel comendo borracha. Já vi muito isso acontecer de piloto concorrente, de outra equipe, mudar a tática para ganhar posições, até aí tudo bem, é até aceitável agora dentro da própria equipe! Mas, possa ser que em outros tempos quando a comunicação da equipe via rádio com piloto era mais sigilosa, esse tipo de ação ocorresse com mais freqüência.

Tenho absoluta certeza que os brasileiros e fãs do Rubinho ficaram extremamente indignados com a ação do Sr. Brawn que aparentemente privilegiou o inglês Button. Num bate papo com amigos o sentimento era de revolta, teve um cidadão que disse: “Poxa deram um golpe de judô no Rubinho”.

Vejam só vocês como as coisas funcionam: Em nenhum momento o Brawn informou ao brasileiro da mudança da tática de pit stop (de três paradas para os dois pilotos) para apenas duas em benefício do inglês (Button). Lembraram de avisar ao Barrica quando ele já tinha deixado a área de boxe após sua troca de pneus e abastecimento.Pois se Brawn tivesse passado a informação da mudança tenho certeza que Rubens exigiria ir na mesma estratégia do inglês.Agora meus amados leitores convido vocês a analisarem comigo friamente o ocorrido: Button não esperava perder o primeiro lugar para seu companheiro de equipe. Depois ficou dezessete voltas tentando de alguma forma surpreender o brasileiro e reassumir o primeiro posto. Não conseguiu. Então pensou: Como superá-lo em uma pista sem nenhum ponto de ultrapassagem? Arriscar parar duas vezes. Pois é, foi o que aconteceu. E deu certo!

Se me perguntarem se agiu correto, responderei que sim. Pois se fosse eu agiria da mesma forma. Oras estou na f-1 há nove anos (Button estreou no ano 2000) tenho a oportunidade de me tornar campeão do mundo com um carro que é bem superior aos outros. Esta é a minha melhor chance.Foi muito inteligente e rápido o inglês.Convenhamos o Barrica desde que estreou na Austrália vem dando muito espaço, até o GP do Bahrein apenas uma vez foi ao pódio(2º lugar na Austrália) enquanto Button foi quatro vezes e apenas uma não venceu (3º lugar na China).As asas do inglês cresceram tanto que nem mesmo Barrichello reunindo todas chances de vitória(Espanha) conseguiu cortá-las ( risos).

Outra boa surpresa foi a reação da equipe Ferrari com Felipe Massa se posicionando na segunda fila (4º posição). A equipe trouxe novidades em seus carros, como o novo difusor e a construção de um carro mais leve para o Kimi Raikkonen. Não que isso queira dizer que o finlandês esteja tendo privilégios. O que ocorre é que Kers que pesa cerca de 35 kg e Kimi por ser mais alto e pesado que Felipe a equipe achou por bem construir um carro com peças mais leves para uma melhor distribuição do peso na estrutura do F-60.

O Massa foi impecável desde a largada, saindo da quarta posição onde superou o Vettel que largara em terceiro manteve-se a frente do alemão durante 63 voltas de um total de 66. Até mesmo nos dois pit stop que cada um fez entraram juntos (giro19 e 43) Mas a três voltas do final o brasileiro viu seu trabalho todo ir por água abaixo. Seu engenheiro o avisou pelo rádio que se continuasse a andar do jeito que estava andando (em alta) seria obrigado a entrar mais uma vez nos boxes para completar o tanque.

Diante disso foi obrigado a abandonar a disputa pela quarta colocação e assim mesmo ainda não foi suficiente, tendo que ceder o quinto lugar. Cruzou a linha de chegada em 6º lugar e marcou seus primeiros pontos na temporada. Vettel finalizou em quarto. A situação ficou tão ruim para o brasileiro que ele teve que abandonar o carro após cruzar a linha de chegada, seu carro ficou sem o tal combustível mesmo.

Que decepção deve ter sido para a STR ter seus dois carros fora da prova envolvidos em acidentes. O ocorrido foi logo na largada, onde cinco carros misturaram as cores, duas STR, a Toyota do Trulli e a Force Índia do Sutil. Tudo começou numa disputa ferrenha entre Fernando Alonso (Renault) e Nico Rosberg (Williams).Nico que ficando fora do traçado de uma curva pegou uma zebra alta perdeu um pouco o controle do carro e ao voltar a pista empurrou o Trulli que escapou para a caixa de brita, que desgovernado acabou voltando a pista envolvendo assim outros carros.Foi num verdadeiro Strike! Hamilton que vinha logos atrás teve bastante prudência para desviar dos destroços e não danificar sua McLaren. Obrigando o Safety Car a entrar na pista.

O filho do tricampeão Nelson Piquet o Nelsinho amargou mais uma prova sem um bom resultado. Bastante chateado de não ter largado de uma posição (12º) melhor que lhe desse chances de chegar à zona de pontos. O brasileiro cruzou a linha de chegada na 12º colocação.Durante o final de semana do grande prêmio o próprio Piquet deu declarações de estar tendo dificuldades em se adaptar ao novo carro da Renault devidos as mudanças que ocorreram de 2008 para 2009.O caso de Nelsinho é tão sério que o próprio Briatore (seu chefe de equipe) declarou que esse é o momento de ajudar o brasileiro e não de matá-lo.Corre a notícia que daria como certa a saída do brasileiro após o GP da Inglaterra no final do mês de junho.

A Ferrari contabilizou mais um abandono, desta vez acontecendo com o campeão de 2007, Kimi Raikkonen. A causa do problema foi identificado como sendo o acelerador, o mesmo defeito que tirou o Massa do GP da China. As McLarens foram uma negação a começar pelo Kovalainen que abandonou o GP ainda na sétima volta. Hamilton esteve com dificuldades em guiar seu bólido, largando do fundão (14º) e com problemas de estabilidade o inglês campeão de 2008 terminou na 9º colocação. A torcida espanhola vibrou bastante com a 5º colocação do piloto da casa Fernando Alonso no final do GP. No início da prova após a saída (volta quatro) do Safety Car Alonso e Webber (RBR) protagonizaram um belo duelo no final da reta de largada pela 5º posto. Foi show ver o Alonso superar o Webber e o Webber imediatamente dar o troco. Foi lindo!Com um bom carro o Webber companheiro de equipe do Vettel cruzou a linha de chegada num bom terceiro lugar. O pódio terminou com Button em 1º, Vettel em 2º e Webber em 3º.

Após cinco provas disputadas de um total de dezessete Button é líder absoluto com 41Pts, na vice liderança vem o Rubens com 25 Pts. E Vettel em terceiro com 23 Pts.

STOCK CAR

Na etapa de St. Cruz do Sul a pole foi marcada pelo Cacá Bueno vencedor em 2008 é uma pista bastante desafiadora e a categoria fez bonito. Aliás a Stock encontrou a receita da competitividade.Os carros andam muitos próximos e qualquer descuido perde-se muitas posições.As regras do campeonato são boas e contribuem para apimentar os pegas na pista.Umas delas privilegia o pole position com 3 Pontos, o segundo com 2 pontos e o terceiro com 1.A outra obriga a todos a entrarem nos boxes para abastecer e trocar pneus.

Até esta etapa – a 4º - nenhum piloto venceu por duas vezes. Em Interlagos foi o Salustiano, em Curitiba o Valdeno Britto, em Brasília Alam Khodair e nesta agora o Max Wuilson. Este último estreando nesse ano. Neste ano. Uma crítica construtiva para os organizadores:adotem uma sistema de cronometragem mais detalhado e mais rápido.pois é difícil identificar que piloto saiu da pista, quem entrou nos boxes, quem fez a volta mais rápida entre outros detalhes.Tenham humildade e assistam a cronometragem da F-Truck que é bem mais interessante e de mais fácil entendimento.


CURIOSIDADES CLAUDIOF1
Em 1999 Michael Schumacher sofre seu pior acidente na carreira no GP da Inglaterra disputada no circuito de Silverstone. O alemão perdeu o controle de sua Ferrari e bateu de frente na proteção de pneus onde fraturou a perna direita e deu adeus a disputa do título.


Obrigado a todos que passaram por aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe! Deixe aqui seu comentário. Obrigado!

TV MOTOR

TV MOTOR

ESPECIAL FAMÍLIA PIQUET - EPISÓDIO 3 - MOTORSPORT.COM BRASIL

PODERÁ GOSTAR TAMBÉM

IMAGEM DA SEMANA - PEDRO PIQUET VIBRA COM PRIMEIRA VITÓRIA NA GP3

IMAGEM DA SEMANA - PEDRO PIQUET VIBRA COM PRIMEIRA VITÓRIA NA GP3
Julho 2018

Pedro Piquet celebrou sua primeira vitória na GP3, obtida na segunda corrida da quarta etapa do campeonato, disputada no circuito de Silverstone no último domingo (8). O piloto liderou um pódio dominado pela equipe Trident após superar o francês Giuliano Alesi na largada e pontear todas as 15 voltas da corrida disputada no interior da Inglaterra. O resultado ainda colocou o brasileiro no top-5 do campeonato, objetivo traçado antes da rodada dupla.


Fonte de pesquisa e reprodução: racingonline


POLÊMICA DA SEMANA - PILOTO DA F-2 É SUSPENSO APÓS "DIA DE FÚRIA" EM SILVERSTONE

POLÊMICA DA SEMANA - PILOTO DA F-2 É SUSPENSO APÓS "DIA DE FÚRIA" EM SILVERSTONE
Julho 2018

Santino Ferrucci, piloto protegido da Haas, recebe gancho de quatro provas após bater no parceiro de equipe e guiar pelo paddock segurando um celular


Piloto júnior da Haas na F1, Santino Ferrucci recebeu quatro corridas de suspensão da F2 após colidir com seu companheiro de equipe Arjun Maini ao fim da etapa de domingo, em Silverstone.


Ferrucci bateu na traseira de seu colega de Trident na volta de retorno aos boxes após a bandeirada.


Pelo incidente, ele recebeu uma multa de 60 mil euros e foi banido das próximas duas rodadas, em Hungaroring e Spa.


Além disso, o americano foi visto guiando sem uma luva entre os paddocks da F2 e F1, o que não é permitido. Nesta mão, ele foi visto segurando um telefone, e, por essas duas infrações, ele recebeu uma multa de 6 mil euros.


Ferrucci também foi visto forçando Maini, que também é protegido da Haas, para fora da pista na curva 4 na prova de domingo, sendo desclassificado da corrida.


A dupla também havia batido na corrida de sábado, sendo que Ferrucci recebeu uma punição por ter forçado Maini para fora da pista.


Gunther Steiner, chefe da equipe Haas na F1, confirmou que investigaria o incidente envolvendo seu pupilo.


“Estou ciente do incidente. Eu o vi na TV quando a corrida estava sendo mostrada. Não percebi, não ouvi o áudio, mas eu estava ciente de que havia problemas”, comentou.


“Eu disse que não vou lidar com isso hoje. Vou lidar durante a semana, então terei mais informações. Estou ciente de que algo aconteceu, mas, no momento, não tenho informações suficientes para comentar.


” Em sua conta no Twitter, a equipe Trident expressou apoio a Maini, acusando Ferrucci de “falta de espírito esportivo e, acima de tudo, com um comportamento não civilizado” por parte do piloto e de seu pai. Além disso, o time também disse que seus advogados lidarão com as implicações contratuais do ocorrido.


Fonte de pesquisa e reprodução: motorsport.com


GP COMPLETO

GP COMPLETO

VÍDEOS INTERESSANTES, EDIÇÃO Nº 26 - ENTREVISTA COM FELIPE MASSA, NA "MURETA COM RUBITO"

GP INGLATERRA 2005

CINEMA NO BLOG

CINEMA NO BLOG

EM CARTAZ

EM CARTAZ

SALVEM-SE QUEM PUDER - RALLY DA JUVENTUDE

BLOG NA TV - APAIXONADO POR F-1

BLOG NA TV - APAIXONADO POR F-1
GP Road America, F-Indy 2018

PROMOÇÕES/ CONCURSOS/ DINÂMICAS

SÉRGIO JIMENEZ - PILOTO STOCK CAR, VAI SORTEAR UM PAR DE ÓCULOS PARA OS FÃS QUE O ESCOLHEREM NO HER

SÉRGIO JIMENEZ - PILOTO STOCK CAR, VAI SORTEAR UM PAR DE ÓCULOS PARA OS FÃS QUE O ESCOLHEREM NO HER
Clique na imagem e saiba como participar.

MUNDIAL PILOTOS F1 2018

MUNDIAL  PILOTOS F1 2018

CLASSIFICAÇÃO APÓS GP INGLATERRA


1º Vettel, 171






2º Hamilton, 163





3º Raikkonen, 116



4º Ricciardo, 106



5º Bottas, 104
6º Verstappen, 104





7º Hulkenberg, 42





8ºAlonso, 40



9° Magnussen, 39



10º Sainz, 28



11º Ocon, 25





12º Perez, 24





13° Gasly, 18





14º Leclerc, 13





15º Grosjean, 12




16º Vandoorne, 8






17º Stroll, 4







18º Ericsson, 3





19º Brendon, 1



20º Sirotkin, 0






MUNDIAL CONSTRUTORES F1 2018

MUNDIAL CONSTRUTORES F1 2018
Classificação após GP Inglaterra



1º Ferrari: 287 pontos





2º Mercedes: 267





3º Red Bull- Tag Heuer: 199

















4º Renault: 70




5º Hass-Ferrari: 51





6º Force India-Mercedes: 49







7º McLaren-Renault : 48













8º Scuderia Toro Rosso-Honda: 19




9º Sauber-Ferrari: 16











10° Williams-Mercedes: 4