sexta-feira, 7 de julho de 2017

DTM 2017 - COM 7º LUGAR, FARFUS FECHA ETAPA DE NORISRING NOS PONTOS




Brasileiro fez corrida de recuperação no circuito de rua, aproveitou-se de estratégia arriscada para somar os primeiros pontos da temporada, e agora projeta nova fase na segunda metade do campeonato.



Uma estratégia certeira e bom ritmo em meio a uma corrida tumultuada resultaram em um saldo positivo para Augusto Farfus na segunda corrida no circuito de rua de Norisring, neste domingo (2). O brasileiro fez uma bela prova de recuperação, largou em 16º, ganhou nove posições e cruzou a linha de chegada em 7º, marcando seus primeiros pontos da temporada.



Depois de uma classificação muito apertada, em que ficou com a 15ª posição, Farfus e a equipe BMW Team RMG optaram por uma estratégia agressiva, entrando para os boxes para a troca obrigatória de pneus logo na primeira volta. A partir daí, o brasileiro foi escalando o pelotão com bom ritmo. Quando praticamente todos os pilotos já haviam feitos seus pit-stops, um acidente entre René Rast e Robert Wickens ocasionou a entrada do safety car. Duas voltas depois da relargada, mais um acidente forte, dessa vez envolvendo Gary Paffett e Mike Rockenfeller, que causou a interrupção da corrida por quase 30 minutos, para que as proteções do circuito provisório pudessem ser arrumadas. Nesse momento, Farfus já era o 7º colocado. A corrida foi reiniciada para mais 25 minutos na pista mais curta do calendário, e Augusto conseguiu confirmar o bom resultado após um total de 66 voltas. A vitória ficou com Maxime Martin, e Lucas Auer e Edoardo Mortara completaram o pódio.




No dia anterior, a prova havia sido igualmente movimentada, já que uma forte chuva caiu pouco antes da largada. Com pista molhada, Augusto foi acertado logo na primeira curva, mas conseguiu continuar na disputa e evoluir, e já estava no top-10 quando um problema no motor o forçou a abandonar a prova precocemente.


Após conquistar seis pontos na corrida deste domingo, Farfus espera que esse resultado marque o início de uma nova fase na temporada. Em um ano de muitas novidades, tanto técnicas quanto esportivas na categoria, o curitibano e a equipe têm evoluído a cada etapa, mas esbarraram em azares e problemas que o impediram de traduzir em pontos as boas performances já demonstradas. Agora, Farfus já pensa na 5ª etapa do DTM 2017, que marca a metade do campeonato, entre os dias 21 e 23 de julho, em Moscou, na Rússia - a segunda rodada do ano fora da Alemanha.

AUGUSTO FARFUS




"A corrida foi uma loucura. Arriscamos na estratégia e paramos na volta 1, o que acabou funcionando para nós, o 7º lugar foi ok, considerando de onde largamos, foi uma boa corrida. E enfim conseguimos marcar os primeiros pontos no campeonato, algo que viemos trabalhando bastante para alcançar. O importante era quebrar esse gelo, e agora espero que tenhamos uma nova fase, com uma sequência de bons pontos na segunda metade do campeonato".

Jornalista responsável: Mariana Viegas
Informativo Augusto Farfus - Imprensa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe! Deixe aqui seu comentário. Obrigado!

TV MOTOR

TV MOTOR
DEPOIMENTO DE FELIPE NARS SOBRE SUA CARREIRA

TV MOTOR

PODERÁ GOSTAR TAMBÉM

IMAGEM DA SEMANA/VÍDEO DA SEMANA -MULHER DE 79 ANOS PILOTA F1 E QUEBRA RECORDE

POLÊMICA DA SEMANA - HALLO NÃO!

HALO NÃO! RIO (gente doida) – Aí que fico algumas horas longe do computador e a FIA decide que será o Halo a proteção de cockpit a ser adotada na F-1 no ano que vem. O Shield, testado por Vettel no fim de semana de Silverstone, foi reprovado em menos de uma volta — o piloto ficou tonto e enjoado.


Como a FIA quer alguma coisa em 2018, resolveu partir para algo que foi bem testado no ano passado.


Acho uma aberração estética. Acho que não impediria a mola de atingir a testa de Massa. Acho que que não salvaria Bianchi. Acho que não serve para muita coisa, exceto para o caso de um pneu voar sobre a cabeça de um piloto. Algo que, convenhamos, não tem acontecido com frequência.


Fonte de pesquisa e reprodução: Blog do Flavio Gomes


VÍDEOS INTERESSANTES, EDIÇÃO Nº 25 - FABRICAÇÃO DE UM F-1

GP COMPLETO

*

GP ITÁLIA 1992, MONZA

A 6ª edição do nosso quadro "GP Completo", traz o charmoso e clássico GP Itália, pista "velha" e que traz fortes emoções em qualquer ano que seja disputado. O ano é 1992, as Williams-Renault eram os carros a serem perseguidos pelos adversários, a dupla de pilotos era formada por Nigell Mansell e Ricardo Patrese, que corria em casa.

CINEMA NO BLOG

CINEMA NO BLOG

EM CARTAZ

EM CARTAZ

ECURRALADO

CARINHA DO BLOG (TRISTE)

CARINHA DO BLOG (TRISTE)

O número 13 parece não dá sorte mesmo, pois bem, foi o que aconteceu com o Oreca nº 13 da Rebellion Racing, pilotado por Nelsinho Piquet, Mathias Beche e David Heinemeier-Hansson, eles tinham conquistado o segundo lugar da classe LMP2 e o terceiro posto geral.


Mas a equipe teve que fazer um reparo no motor de arranque e por isso abriram um buraco no carro ao qual danificou uma das homologações, ferindo assim o regulamento. E daí a punição. lamentável!!!

DEDICATÓRIAS

DEDICATÓRIAS
Poster autografado (por Nelson Piquet) para o blogueiro Claudio Heliano

'

'
Poster autografado (por Nigel Mansell) par ao blogueiro Claudio Heliano

'

'
Autografada por Luiz Razia