sábado, 4 de junho de 2016

CIRCUITO GILLES VILLENEUVE - GP CANADÁ - HISTÓRIA DO CIRCUITO, EDIÇÃO Nº 1




Estamos criando mais um quadro em nosso blog, chamado: "História do circuito". E nossa primeira edição traz um pouco da história e dos últimos vencedores do GP do Canadá, circuito Gilles Villleneuve, palco da sétima etapa do Mundial de F-1, a ser realizado nos dias 10, 11 e 12 de junho.



A pita do Circuito Gilles Vileneuve sedia o GP do Canadá desde o final da década de 70 (1978). Antes de obter esse nome (Gilles Villleneuve)  ele se chamava Circuito Notre Drame, a homenagem veio após a trágica morte do piloto canadense em Zolder (circuito), no ano de 1982.


No detalhe, Gilles Villeneuve é jogado do carro em direção a cerca de proteção


A característica dessa pista que esta localizada em uma parque permite que os carros atinjam alta velocidades e a pista também permite um show de ultrapassagens. A pista tem desgaste de pneus baixo com desgaste de freios alto, onde o piloto passa 60% da volta em aceleração máxima. 


  • PILOTOS BRASILEIROS


Palco de vitórias, os pilotos brasileiros também já fizeram festa no lugar mais alto do pódio, como Emerson Fittipaldi (74), Nelson Piquet (82, 84 e 91) e Ayrton Senna (88 e 90). Emerson venceu no circuito de Motorsport, já Piquet e Senna em Montreal.





  • ÚLTIMOS VENCEDORES EM MONTREAL


2008 - Kubica - Sauber-BMW
2010 - Hamilton - McLaren-Mercedes
2011 - Vettel - RBR-Renault
2012 - Hamilton - McLaren-Mercedes
2013 - Vettel - RBR-Renault
2014 - Riccardo - RBR-Renault
2015 - Hamilton - Mercedes-Mercedes

Recorde: Rubens Barrichello (BRA) 1.13.622

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe! Deixe aqui seu comentário. Obrigado!

TV MOTOR

TV MOTOR

HELIO CASTRONEVES 20 ANOS DE F-INDY

PODERÁ GOSTAR TAMBÉM

IMAGEM/VÍDEO DA SEMANA - TUKA ROCHA E RODRIGO DANTAS SE AGRIDEM DURANTE AS 500 MILHAS GRANJA VIANA

É com imenso repudio e tristeza que exibimos a cena lamentável de pura violência na prova tradicional de kart que ocorre todo final de ano onde o grande barato da coisa é reunir pilotos de varias categorias em um evento de longa duração. As 500 Milhas da Granja Viana,que ocorreu no último sábado (16) teve a vitória do time do Barrichello, mas os brigões Tuka Rocha (equipe Sambaíba) e Douglas Dantas ( equipe MDG Matrix) foram o centro das atenções.


ENTENDA COMO TUDO ACONTECEU


Antes, no encerramento da 11ª hora, Rodrigo Soares, da Sambaíba, acertou o kart de Felipe Massa, então líder da prova. A partir de então, os pilotos dos dois times passaram a se estranhar na pista, culminando com o incidente entre Dantas e Rocha, quando restavam 19 voltas para o final da corrida. A direção de prova desclassificou os dois times envolvidos na confusão das 500 Milhas de Kart Granja Viana.

POLÊMICA DA SEMANA - MARCHIONNE SE QUEIXA DE APRESENTAÇÃO DE PILOTOS NOS EUA

A vaga de Felipe Massa na Williams segue sem dono e a situação na Williams está completamente indefinida por questões que vão bem além das pistas. A mídia russa chegou a veicular que o anúncio de seu piloto, Sergey Sirotkin, seria feito na última sexta-feira. Mas a única informação dada pelo time inglês foi de que uma decisão só seria anunciada em janeiro.


Os problemas dos apoiadores de Sirotkin vêm de sanções adotadas após a anexação do território da Crimeia pela Rússia, no início de 2014. O Departamento do Tesouro dos Estados Unidos aplicou uma série de punições que atingiram os dois principais acionistas do banco SMP, Arkady e Boris Rotenberg. Isso ocorreu devido às relações próximas dos banqueiros com Vladimir Putin além de acusações de lavagem de dinheiro, por parte das autoridades norte-americanas, relacionadas às negociações durante a construção do parque olímpico de Sochi, onde é realizado o GP da Rússia de F-1.


Fonte de pesquisa e reprodução: esporte.uol.com.br

VÍDEOS INTERESSANTES, EDIÇÃO Nº 25 - FABRICAÇÃO DE UM F-1

GP COMPLETO

GP COMPLETO

GP INGLATERRA 2005

CINEMA NO BLOG

CINEMA NO BLOG

EM CARTAZ

EM CARTAZ

O CORREDOR FANTASMA

CARINHA DO BLOG (TRISTE)

CARINHA DO BLOG (TRISTE)

O número 13 parece não dá sorte mesmo, pois bem, foi o que aconteceu com o Oreca nº 13 da Rebellion Racing, pilotado por Nelsinho Piquet, Mathias Beche e David Heinemeier-Hansson, eles tinham conquistado o segundo lugar da classe LMP2 e o terceiro posto geral.


Mas a equipe teve que fazer um reparo no motor de arranque e por isso abriram um buraco no carro ao qual danificou uma das homologações, ferindo assim o regulamento. E daí a punição. lamentável!!!