sábado, 14 de fevereiro de 2015

EM QUARTA TEMPORADA NO DTM, AUGUSTO FARFUS SEGUE NO TEAM RBM E TERÁ NOVO PARCEIRO DE EQUIPE EM 2015

 



Nesta sexta-feira, em Munique, a BMW Motorsport anunciou o line-up de pilotos que defenderá a montadora bávara na temporada 2015 do DTM. Único brasileiro do grid, Augusto Farfus terá o estreante britânico Tom Blomqvist como seu novo companheiro de equipe.


Piloto oficial da BMW Motorsport desde os tempos de WTCC, Augusto Farfus disputará em 2015 sua quarta temporada no DTM. Vice-campeão em 2013 e único brasileiro no grid da categoria, uma das principais do automobilismo mundial, o curitibano de 31 anos seguirá defendendo as cores do Team RBM, escuderia belga chefiada por Bart Mampaey. Neste ano, Farfus terá como companheiro de equipe o jovem britânico Tom Blomqvist, de 21 anos, que fará sua estreia no DTM. O anúncio foi realizado nesta sexta-feira (6 de fevereiro) em comunicado publicado pela BMW Motorsport em Munique, Alemanha.


Desde que retornou ao DTM, em 2012, a BMW vem colecionando conquistas e títulos na categoria. A montadora bávara foi campeã do certame de pilotos daquele ano com o canadense Bruno Spengler, foi vice com Farfus em 2013 e faturou novamente a taça com o alemão Marco Wittmann no ano passado. E tanto em 2012 como em 2013, a BMW foi campeã dos construtores.

 Augusto tem um histórico bastante respeitável na categoria. Em três temporadas, o curitibano disputou 27 corridas, venceu quatro provas e faturou por três vezes a pole-position. No seu ano de estreia, Farfus teve como companheiro de equipe o britânico Andy Priaulx, enquanto em 2013 e 2014 dividiu os boxes do Team RBM com o norte-americano Joey Hand. Em 2015, depois de faturar o segundo lugar nas 24 Horas de Daytona na classe GT Le Mans, o brasileiro servirá como referência para o novato Tom Blomqvist, destaque nos treinos com a BMW M4 DTM em dezembro do ano passado.

 Além do Team RBM, a BMW Motorsport também definiu as duplas das suas outras três equipes do DTM: o campeão Marco Wittmann representará o Team RMG ao lado de Maxime Martin, Martin Tomczyk e António Félix da Costa defenderão o Team Schnitzer, enquanto Bruno Spengler e Timo Glock vão disputar a temporada 2015 pelo Team MTEK.

 Nos últimos dias, Farfus esteve no Circuito das Américas, em Austin, nos Estados Unidos, no evento de lançamento da BMW X6 M. Nas próximas semanas, o foco estará voltado aos preparativos para a temporada 2015 do DTM. A abertura do campeonato, que terá como grande novidade a introdução do sistema de rodadas duplas, terá início em 2 de maio, no circuito de Hockenheim.




 Augusto Farfus:

"Fico muito feliz por permanecer no Team RBM pelo simples fato de dar continuidade ao trabalho que temos desempenhado nos últimos três anos no DTM. É uma equipe com DNA vencedor, já vencemos muitas corridas juntos, e fico feliz em poder dar sequência à nossa jornada. Temos um projeto muito bom para esta temporada, e para que este projeto seja vitorioso é muito importante continuar com os mesmos mecânicos e engenheiros. Dou as boas-vindas ao Tom Blomqvist, meu novo companheiro de equipe, um jovem talento que foi muito bem nos treinos e será uma boa referência para o time. Acredito que vamos fazer um bom trabalho juntos."

 Bart Mampaey, chefe de equipe do Team RBM:

 "Augusto Farfus acumulou muita experiência no DTM ao longo dos últimos três anos e já mostrou que é capaz de vencer corridas e se colocar na luta pelo título. Quanto a Tom Blomqvist, damos as boas-vindas a um rápido e jovem piloto, que tem tudo o que é necessário para acertar no DTM. Estou muito ansioso para trabalhar com estes dois pilotos em 2015."

 Jens Marquardt, diretor da BMW Motorsport:

 "Vamos para a nova temporada com um forte line-up de pilotos e equipes. Este é o melhor conjunto que poderia almejar. No total, nossos pilotos têm 334 corridas e 31 vitórias no DTM. Temos um bom mix de pilotos jovens e experientes, e todos têm condições de deixar sua marca na categoria. Mantemo-nos fieis à nossa filosofia de que só podemos alcançar o sucesso a longo prazo no DTM com quatro equipes de igual força. Tivemos experiências positivas com esta abordagem no passado. Estamos confiantes de que encontramos o line-up ideal para a temporada 2015, na qual teremos de enfrentar uma série de novos desafios com o novo formato de rodadas duplas no fim de semana."

Fonte: Informativo Augusto Farfus

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe! Deixe aqui seu comentário. Obrigado!

TV MOTOR

TV MOTOR

ESPECIAL FAMÍLIA PIQUET - EPISÓDIO 3 - MOTORSPORT.COM BRASIL

PODERÁ GOSTAR TAMBÉM

IMAGEM DA SEMANA - PEDRO PIQUET VIBRA COM PRIMEIRA VITÓRIA NA GP3

IMAGEM DA SEMANA - PEDRO PIQUET VIBRA COM PRIMEIRA VITÓRIA NA GP3
Julho 2018

Pedro Piquet celebrou sua primeira vitória na GP3, obtida na segunda corrida da quarta etapa do campeonato, disputada no circuito de Silverstone no último domingo (8). O piloto liderou um pódio dominado pela equipe Trident após superar o francês Giuliano Alesi na largada e pontear todas as 15 voltas da corrida disputada no interior da Inglaterra. O resultado ainda colocou o brasileiro no top-5 do campeonato, objetivo traçado antes da rodada dupla.


Fonte de pesquisa e reprodução: racingonline


POLÊMICA DA SEMANA - PILOTO DA F-2 É SUSPENSO APÓS "DIA DE FÚRIA" EM SILVERSTONE

POLÊMICA DA SEMANA - PILOTO DA F-2 É SUSPENSO APÓS "DIA DE FÚRIA" EM SILVERSTONE
Julho 2018

Santino Ferrucci, piloto protegido da Haas, recebe gancho de quatro provas após bater no parceiro de equipe e guiar pelo paddock segurando um celular


Piloto júnior da Haas na F1, Santino Ferrucci recebeu quatro corridas de suspensão da F2 após colidir com seu companheiro de equipe Arjun Maini ao fim da etapa de domingo, em Silverstone.


Ferrucci bateu na traseira de seu colega de Trident na volta de retorno aos boxes após a bandeirada.


Pelo incidente, ele recebeu uma multa de 60 mil euros e foi banido das próximas duas rodadas, em Hungaroring e Spa.


Além disso, o americano foi visto guiando sem uma luva entre os paddocks da F2 e F1, o que não é permitido. Nesta mão, ele foi visto segurando um telefone, e, por essas duas infrações, ele recebeu uma multa de 6 mil euros.


Ferrucci também foi visto forçando Maini, que também é protegido da Haas, para fora da pista na curva 4 na prova de domingo, sendo desclassificado da corrida.


A dupla também havia batido na corrida de sábado, sendo que Ferrucci recebeu uma punição por ter forçado Maini para fora da pista.


Gunther Steiner, chefe da equipe Haas na F1, confirmou que investigaria o incidente envolvendo seu pupilo.


“Estou ciente do incidente. Eu o vi na TV quando a corrida estava sendo mostrada. Não percebi, não ouvi o áudio, mas eu estava ciente de que havia problemas”, comentou.


“Eu disse que não vou lidar com isso hoje. Vou lidar durante a semana, então terei mais informações. Estou ciente de que algo aconteceu, mas, no momento, não tenho informações suficientes para comentar.


” Em sua conta no Twitter, a equipe Trident expressou apoio a Maini, acusando Ferrucci de “falta de espírito esportivo e, acima de tudo, com um comportamento não civilizado” por parte do piloto e de seu pai. Além disso, o time também disse que seus advogados lidarão com as implicações contratuais do ocorrido.


Fonte de pesquisa e reprodução: motorsport.com


GP COMPLETO

GP COMPLETO

VÍDEOS INTERESSANTES, EDIÇÃO Nº 26 - ENTREVISTA COM FELIPE MASSA, NA "MURETA COM RUBITO"

GP INGLATERRA 2005

CINEMA NO BLOG

CINEMA NO BLOG

EM CARTAZ

EM CARTAZ

SALVEM-SE QUEM PUDER - RALLY DA JUVENTUDE

BLOG NA TV - APAIXONADO POR F-1

BLOG NA TV - APAIXONADO POR F-1
GP Road America, F-Indy 2018

PROMOÇÕES/ CONCURSOS/ DINÂMICAS

SÉRGIO JIMENEZ - PILOTO STOCK CAR, VAI SORTEAR UM PAR DE ÓCULOS PARA OS FÃS QUE O ESCOLHEREM NO HER

SÉRGIO JIMENEZ - PILOTO STOCK CAR, VAI SORTEAR UM PAR DE ÓCULOS PARA OS FÃS QUE O ESCOLHEREM NO HER
Clique na imagem e saiba como participar.

MUNDIAL PILOTOS F1 2018

MUNDIAL  PILOTOS F1 2018

CLASSIFICAÇÃO APÓS GP INGLATERRA


1º Vettel, 171






2º Hamilton, 163





3º Raikkonen, 116



4º Ricciardo, 106



5º Bottas, 104
6º Verstappen, 104





7º Hulkenberg, 42





8ºAlonso, 40



9° Magnussen, 39



10º Sainz, 28



11º Ocon, 25





12º Perez, 24





13° Gasly, 18





14º Leclerc, 13





15º Grosjean, 12




16º Vandoorne, 8






17º Stroll, 4







18º Ericsson, 3





19º Brendon, 1



20º Sirotkin, 0






MUNDIAL CONSTRUTORES F1 2018

MUNDIAL CONSTRUTORES F1 2018
Classificação após GP Inglaterra



1º Ferrari: 287 pontos





2º Mercedes: 267





3º Red Bull- Tag Heuer: 199

















4º Renault: 70




5º Hass-Ferrari: 51





6º Force India-Mercedes: 49







7º McLaren-Renault : 48













8º Scuderia Toro Rosso-Honda: 19




9º Sauber-Ferrari: 16











10° Williams-Mercedes: 4