domingo, 26 de junho de 2011

GP DA EUROPA 2011/ OPINIÃO RAPIDINHA





Bom dia meus amigos (as)!



Estamos a menos de meia hora da largada para o GP da Europa e a pole mais uma vez pertenceu a RBR, um domínio total da equipe de energeticos nas classificações em GPs. Foram sete de Vettel e uma de Webber. Após mais um domínio de Vettel na última sessão dos treinos onde os 10 primeiros brigam pela position, o alemão tirou um sarro com os carros da McLaren e principalmente da Ferrari, onde ao sair do carro foi em direção ao carro de Alonso no parque fechado e olhou por alguns instantes por dentro do cockpit do carro vermelho.



Tentaram frear o domínio da RBR com a proibição do mapeamento do motor para todas as equipes, achando eles, que a RBR iria perder rendimento, mas não aconteceu. Vettel tem 15 vitórias na carreira e isso com apenas, 23 anos de idade. E com um dominio espetacular no geral, ele está caminhando rumo ao bicampeonato.



Essa é a terceira edição da prova de Valência, o contrato com a F-1, vai até 2014. Apesar da crise na Espanha com 20% da taxa de desemprego, o público compareceu em número grande. Vamos para volta de apresentação e boa corrida para todos, valeu!

Confira o grid de largada para o GP da Europa

1. Sebastian Vettel (ALE/RBR-Renault) - 1m36s975
2. Mark Webber (AUS/RBR-Renault) – 1m37s163
3. Lewis Hamilton (ING/McLaren-Mercedes) - 1m37s380
4. Fernando Alonso (ESP/Ferrari) - 1m37s454
5. Felipe Massa (BRA/Ferrari) - 1m37s535
6. Jenson Button (ING/McLaren-Mercedes) - 1m37s645
7. Nico Rosberg (ALE/Mercedes) - 1m38s231
8. Michael Schumacher (ALE/Mercedes) - 1m38s240
9. Nick Heidfeld (ALE/Renault-Lotus) - 1m38s781
10. Adrian Sutil (ALE/Force India-Mercedes) - 1m39s034

Eliminados na segunda parte do treino classificatório:

11. Vitaly Petrov (RUS/Renault-Lotus) - 1m39s068
12. Paul di Resta (ESC/Force India-Mercedes) - 1m39s422
13. Rubens Barrichello (BRA/Williams-Cosworth) - 1m39s489
14. Kamui Kobayashi (JAP/Sauber-Ferrari) - 1m39s525
15. Pastor Maldonado (VEN/Williams-Cosworth) - 1m39s645
16. Sergio Pérez (MEX/Sauber-Ferrari) - 1m39s657
17. Sebastien Buemi (SUI/STR-Ferrari) - 1m39s711

Eliminados na primeira parte do treino classificatório:

18. Jaime Alguersuari (ESP/STR-Ferrari) - 1m40s232
19. Heikki Kovalainen (FIN/Lotus-Renault) - 1m41s664
20. Jarno Trulli (ITA/Lotus-Renault) - 1m42s234
21. Timo Glock (ALE/MVR-Cosworth) - 1m42s553
22. Vitantonio Liuzzi (ITA/Hispania-Cosworth) - 1m43s584
23. Jerome D'Ambrosio (BEL/MVR-Cosworth) - 1m43s735
24. Narain Karthikeyan (IND/Hispania-Cosworth) - 1m44s363

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe! Deixe aqui seu comentário. Obrigado!

TV MOTOR

TV MOTOR

ULTIMAS VOLTAS GP BRASIL 2006

PODERÁ GOSTAR TAMBÉM

IMAGEM DA SEMANA - HAMILTON CELEBRA TETRACAMPEONATO: "NÃO PARECE REAL"

Lewis Hamilton não precisava de um grande resultado para conquistar o quarto título mundial de Fórmula 1 de sua carreira. Porém, o inglês, que precisava apenas de um quinto lugar para definir o título, viu o Grande Prêmio do México, disputado neste domingo (29) virar um drama após ter um pneu furado e cair para a última posição. Sebastian Vettel, porém, não conseguiu brigar pela vitória, e o piloto da Mercedes conquistou o título com o nono lugar.


Fonte de pesquisa e reprodução: Racingonline


POLÊMICA DA SEMANA - COM CRESCENTE DE RED BULL E MCLAREN, FERRARI CAMINHA PARA "CRISE"

A Ferrari está “caminhando para uma crise” que tradicionalmente é “difícil de sair”.


Essa é a visão do ex-engenheiro da Ferrari, Toni Cuquerella, ao avaliar o recente fracasso de Sebastian Vettel em desafiar o título de 2017.


“A Ferrari foi muito mais competitiva do que nos anos anteriores”, escreveu o ‘El Paris’. “A Ferrari teve um carro melhor do que Mercedes em cinco dos 18 Grandes Prêmios”, acrescentou Cuquerella.


“Foi um bom ano e eles deveriam estar felizes. Mas, como sempre, na Ferrari, duas corridas com resultados ruins significam o início de uma crise.


“E a Mercedes soube se aproveitar muito bem disso”, disse ele.


Cuquerella acredita que o desafio da Ferrari agora é “escapar da crise” por trás disso e sair com um pacote forte desde o começo de 2018.


No entanto, “a Ferrari luta para sair de suas crises”, disse o espanhol. “Enquanto isso, outros como Red Bull e McLaren podem chegar a esse nível no próximo ano.


“Este ano, a equipe mais rápida e o piloto mais rápido ganharam, mas a tendência indica que esse domínio não necessariamente continuará.


“O próximo título pode ser conquistado por uma equipe que não obrigatoriamente tenha o melhor carro”, finalizou.


Fonte de pesquisa e reprodução: f1mania.com.br

VÍDEOS INTERESSANTES, EDIÇÃO Nº 25 - FABRICAÇÃO DE UM F-1

GP COMPLETO

GP COMPLETO

GP MALÁSIA 2004

O nosso quadro GP Completo, edição nº 7 traz o GP da Malásia de 2004 (segunda prova da temporada), já que estamos em um final de semana de corrida de F-1 (GP Malásia) e não por acaso, que escolhi a Malásia para esta edição.Um grid cheio com bastante carros e pilotos, interessante dizer que em 2004 tínhamos três pilotos brasileiros : Barrichello (Ferrari), Cristiano da Matta (Toyota), Felipe Massa (Sauber).

CINEMA NO BLOG

CINEMA NO BLOG

EM CARTAZ

EM CARTAZ

ECURRALADO

CARINHA DO BLOG (TRISTE)

CARINHA DO BLOG (TRISTE)

O número 13 parece não dá sorte mesmo, pois bem, foi o que aconteceu com o Oreca nº 13 da Rebellion Racing, pilotado por Nelsinho Piquet, Mathias Beche e David Heinemeier-Hansson, eles tinham conquistado o segundo lugar da classe LMP2 e o terceiro posto geral.


Mas a equipe teve que fazer um reparo no motor de arranque e por isso abriram um buraco no carro ao qual danificou uma das homologações, ferindo assim o regulamento. E daí a punição. lamentável!!!

DEDICATÓRIAS

DEDICATÓRIAS
Poster autografado (por Nelson Piquet) para o blogueiro Claudio Heliano

'

'
Poster autografado (por Nigel Mansell) par ao blogueiro Claudio Heliano

'

'
Autografada por Luiz Razia