segunda-feira, 19 de abril de 2010

CHAMPIONSHIP F1 - RESENHA GP CHINA



Um mega abraço aos meus amigos do Champioship F1!!!


Como já de costume, todos os participantes do CHAMPIOSHIP F1 podem deixar seus comentários em página principal do que acharam de cada Grande Prêmio. Confira aqui seu comentário!


"Se precisar de um avião vá de McLaren"

"Se precisar de um piloto chame Jenson Button"

"Pois essa proeza você só encontra na Fórmula 1".

GABRIEL SOUZA, 3º COLOCADO NO CHAMPIOSHIP F1.






"Valeu! Este blog está demais! O campeonato ainda vai esquentar, estou indo em busca da liderança. Saiam da frente!!! Eu era o último colocado (25º) e já estou na 5º colocação. Detalhe: Sem dar o palpite para a primeira etapa (GP do Bahrein)". LOBÃO, 5º COLOCADO NO CHAMPIOSHIP F1.






"A corrida foi uma das mais emocionantes desta temporada, com muitas ultrapassagens, tornando a corrida ainda mais interessante". RAIMUNDO OLIVEIRA, 23º COLOCADO NO CHAMPIOSHIP F1.



Se você meu amigo leitor deseja participar deste campeonato, entre em contato com Claudio Heliano, através do e-mail hfreitas77@hotmail.com


Até a próxima bandeirada!!!

2 comentários:

  1. Com a chuva que caiu a poucos minutos da largada, assim como no GP da Austrália. E o protagonista da corrida foi o mesmo: Jenson Alexander Lyons Button, o campeão da temporada 2009. Mais uma vez, o inglês apostou na tática e se deu bem. Após a primeira entrada do safety car e a pista molhada, a maioria dos pilotos entrou nos boxes para colocar os intermediário. Menos Button e mais três (Kubica, Petrov e Rosberg). E a ousadia de permanecer com os slicks rendeu a segunda vitória e a liderança da temporada para o inglês da McLaren. Em segundo chegou o companheiro Lewis Hamilton, que também fez um corridaço ao seu estilo: com muito arrojo e ultrapassagens. A disputa contra Michael Schumacher é, desde já, candidata ao melhor momento do ano.

    A segunda vitória de Button no ano é uma grande resposta aos críticos do campeão de 2009. Quando foi contratado pela McLaren, várias pessoas diziam que Hamilton faria gato e sapato do novo companheiro. Após quatro corridas, o cenário mudou: ele é o líder do campeonato e Lewis apenas o quarto colocado, 11 pontos atrás. Jenson está se firmando como um piloto cerebral, que assume para si as decisões de estratégia. O rádio de seu carro mostrou sua participação em duas decisões capitais: na hora de ficar na pista, no início da corrida, e no momento de colocar os intermediários, pouco antes da segunda entrada do safety car. Button é daqueles pilotos cerebrais, que não dá espetáculo, mas raramente erra. Belo trabalho do inglês.



    Mudando de assunto, é impressionante como a Ferrari consegue se enrolar no momento de decidir a tática de seus pilotos. Tanto Alonso quanto Massa foram prejudicados nesta hesitação da equipe italiana. O espanhol ainda salvou um quarto lugar, com boas ultrapassagens e a sorte do segundo safety car anular a punição da queima de largada que cometeu. Massa, por sua vez, teve um desempenho apenas discreto, até decepcionante. O brasileiro não conseguiu estabelecer um bom ritmo na pista e acabou superado pelo companheiro em um lance controverso na entrada dos boxes. Se o clima na equipe era amistoso até agora, as coisas podem esquentar após esta corrida. Mas ainda é cedo para dizer o que acontecerá na Ferrari.

    Mas decepção mesmo foi o desempenho de Michael Schumacher. No início da corrida, ele travou um belíssimo duelo com Hamilton, mas depois acabou sendo presa fácil para os adversários. Perdi a conta de quantas posições o heptacampeão perdeu na pista nesta corrida. Independente de seu carro, que pode até ter deixado a desejar, um piloto como ele não pode fazer uma corrida medíocre como esta. Se para o marketing da Fórmula 1 o retorno do alemão foi bom, em termos pessoais para ele, até agora, tem sido uma vergonha monumental. A questão já passou há muito tempo da adaptação. Schumi está em uma Fórmula 1 completamente diferente da dele. E está sendo atropelado pela juventude. Até onde este mico irá crescer?

    ResponderExcluir
  2. Apaixoando por F-127 de abril de 2010 17:04

    Olá Marcus!
    Como você mencionou, a chuva proporcionou uma verdadeira loteria no GP da China. Vários pilotos entraram varias vezes para por pneus para pista seca, para pista molhada. Foi uma corrida maluca mesmo.
    Alguns pegas marcaram a prova como do Vettel com Hamilton na area dos boxes, a ultrapassagem do Alonso sobre o Massa.O mau desempenho do sete vezes campeão mundial Michael Schumacher.

    Realmente o Button está se tornando um calo no pé de alguns pilotos, segunda vitória do ano e a liderança no mundial... nada mal não é mesmo?

    Obrigado por deixar sua opinião!

    ATENCIOSAMENTE
    CLAUDIO HELIANO

    ResponderExcluir

Participe! Deixe aqui seu comentário. Obrigado!

TV MOTOR

TV MOTOR

ULTIMAS VOLTAS GP BRASIL 2006

PODERÁ GOSTAR TAMBÉM

IMAGEM DA SEMANA - FERRARI ANUNCIA REVELAÇÃO BRASILEIRA PARA ACADEMIA DE PILOTOS

A Ferrari anunciou nesta terça-feira (5) que o brasileiro Gianluca Petecof, de 15 anos, fará parte da academia de pilotos da escuderia italiana. Ele se juntará a um grupo que conta com o também brasileiro Enzo Fittipaldi, neto do bicampeão mundial Emerson Fittipaldi.


Petecof se destacou no Mundial de Kart deste ano. O piloto de 15 anos terminou na sexta colocação, sendo o brasileiro mais bem posicionado.



Fonte de pesquisa e reprodução: uolesportes

POLÊMICA DA SEMANA - MARCHIONNE SE QUEIXA DE APRESENTAÇÃO DE PILOTOS NOS EUA

Uma das ações mais elogiadas entre as produzidas pela Fórmula 1 nesta temporada, a apresentação dos pilotos no Grande Prêmio dos Estados Unidos foi criticada por Sergio Marchionne, presidente da Ferrari. Nesta terça-feira (5), o dirigente alegou que o Liberty Media, proprietário da categoria, precisa “preservar” o esporte.


Na ocasião, os pilotos foram à pista do Circuito das Américas ao comando de Michael Buffer, consagrado apresentador de lutas de boxe e irmão de Bruce Buffer, annoucer das lutas do UFC. Os competidores foram chamados um a um, como acontece nas partidas da NBA.


“Eu acho que precisamos preservar (o esporte), precisamos modernizá-lo de uma maneira que os americanos achem relevante. “E essa é a parte complicada que eu acho ainda que Chase e eu precisamos conversar. Estamos caminhando por uma corda bamba sobre isso, porque se formos muito longe para tentar atrair, bom…”, disse Marchionne.


“A apresentação dos pilotos em Austin e a forma como organizamos o show não foi o que eu acho que um evento de Fórmula 1 deve ser. Mas fez parte de um exercício de testes e erros, e não acho que aquilo funcionou incrivelmente bem”, seguiu o dirigente da Ferrari.


“Eu acho que muitos dos europeus ficaram um pouco surpresos com o que aconteceu. Precisamos encontrar algo intermediário, que de alguma forma apaixone e realce o interesse do público em ambos os lados”, explicou o italiano, ressaltando porém que é necessário a Fórmula 1 ter relevância nos Estados Unidos.


“Eu acho que é justo dizer que Chase (Carey) e eu concordamos que precisamos de espaço nos Estados Unidos. Eu acho que há uma oportunidade se fizermos as coisas certas. Se fizermos isso, acho que isso irá beneficiar o esporte tremendamente”, seguiu.


“Mas precisamos ter cuidado para que esse desejo de nos tornar atraentes para o público americano não acabe com nosso DNA de esporte que tem algumas origens nobres”, completou.


Fonte de pesquisa e reprodução: racingonline


VÍDEOS INTERESSANTES, EDIÇÃO Nº 25 - FABRICAÇÃO DE UM F-1

GP COMPLETO

GP COMPLETO

GP MALÁSIA 2004

O nosso quadro GP Completo, edição nº 7 traz o GP da Malásia de 2004 (segunda prova da temporada), já que estamos em um final de semana de corrida de F-1 (GP Malásia) e não por acaso, que escolhi a Malásia para esta edição.Um grid cheio com bastante carros e pilotos, interessante dizer que em 2004 tínhamos três pilotos brasileiros : Barrichello (Ferrari), Cristiano da Matta (Toyota), Felipe Massa (Sauber).

CINEMA NO BLOG

CINEMA NO BLOG

EM CARTAZ

EM CARTAZ

ECURRALADO

CARINHA DO BLOG (TRISTE)

CARINHA DO BLOG (TRISTE)

O número 13 parece não dá sorte mesmo, pois bem, foi o que aconteceu com o Oreca nº 13 da Rebellion Racing, pilotado por Nelsinho Piquet, Mathias Beche e David Heinemeier-Hansson, eles tinham conquistado o segundo lugar da classe LMP2 e o terceiro posto geral.


Mas a equipe teve que fazer um reparo no motor de arranque e por isso abriram um buraco no carro ao qual danificou uma das homologações, ferindo assim o regulamento. E daí a punição. lamentável!!!

DEDICATÓRIAS

DEDICATÓRIAS
Poster autografado (por Nelson Piquet) para o blogueiro Claudio Heliano

'

'
Poster autografado (por Nigel Mansell) par ao blogueiro Claudio Heliano

'

'
Autografada por Luiz Razia