segunda-feira, 22 de março de 2010

FERNADO ALONSO X FELIPE MASSA - 1º ROUNDE


Olá meus amigos (as)!



Para a temporada de 2010 vamos vivenciar uma das mais belas e ferrenhas rivalidades da história do circo da F-1. Estou falando da dupla Ferrarista, Fernando Alonso e Felipe Massa. Sabem por quê? Pois são um dos melhores pilotos do momento e os dois estão com muito apetite de vitórias e como não dizer do título também. Após a frustração de sua passagem pela Mclaren em 2007 e pelo desapontamento nos dois últimos anos servindo a Renault, o espanhol que recuperar o tempo perdido em suas últimas aventuras.



Felipe após perder a melhor chance de ser campeão em sua carreira na F1 em 2008, onde foi vice, que mostrar a Ferrari que pode dar o título que eles tanto querem. Em 2009 sofreu aquele gravíssimo acidente na classificação para o grid de largada para o GP da Hungria, onde ficou afastados das pistas por oito meses. Sua sede e fome por vitórias está ainda mais acentuada.



A mídia especializada está sempre lembrando do episódio que marcou o GP da Espanha de 2007, quando Alonso (McLaren) e Massa (Ferrari), se duelaram na pista pela disputa da primeira colocação. Massa não "considerou" Alonso e o induziu a comer areia na saída de pista na primeira curva. Os dois chegaram a se tocar. Massa venceu e Alonso foi o terceiro. O espanhol se aproveitou das cameras e indicou o local onde Massa teria toca rodas e fez sinal com dedo dizendo que aquilo não era correto... o bicho pegou entre os dois. Confiram aqui nas palavras de Felipe o que ocorreu.



Entrevista da Revista Racing, de Maio de 2007, com o piloto F-1 Felipe Massa.



RACING - Alonso disse que você foi agressivo demais na disputa pela primeira curva. Você concorda?
FELIPE MASSA - A Fórmula 1 é um esporte e esse tipo de disputa faz parte. Se alguém foi agressivo, foi ele, que estava por fora da curva. Ele arriscou, eu me defendi e acabou havendo um toque. No dia em que eu errar, em que eu exagerar, vou admitir, como já fiz isso no passado. Hoje, não errei e, se quiserem levar a discussão adiante, podem ter certeza de que irei até o final, sem problemas.



R - -Esse mal-estar cria uma rivalidade que são amigos?
FM - Se depender de mim, não. Nós nos conhecemos, entre vocês,
conversamos e talvez "amigos" seja uma palavra forte demais. Mas, de minha parte, a corrida de hoje não mudará ada.
n


R - Mas, na cerimônia do pódio, você abraçou o Hamilton e não falou com Alonso.
FM - Não falei porque ele também não falou comigo. O Hamilton estava feliz, como eu também estava, e me abraçou.



R - E aquele cumprimento esfuziante que você e Lewis Hamilton realizaram atrás do pódio, no estilo rap?
FM - Dei parabéns para ele de uma forma jovem, que é a cara desta nova Fórmula1. Hamilton é um cara legal.



R- Essa vitória o colocou definitivamente na luta pelo campeonato?
FM - .Estou na luta sim, mas já estava antes. Cheguei a ter 11 pontos de desvantagem, agora a diferença é de apenas 3. É bom ver que ela está caindo, mas o campeonato é muito longo e muita coisa ainda acontecerá



R - A vantagem que você abriu em relação ao Kimi muda alguma coisa na sua posição dentro da equipe?
FM - Não muda nada. O que temos a fazer é continuar trabalhando forte e ver o que a McLaren anda fazendo também. Eles também estão muito fortes.



R - O Hamilton e a McLaren lideram o Mundial, mesmo com a Ferrari tendo obtido três vitórias e quatro poles até agora. A confiabilidade vai decidir o Mundial?
FM -Com certeza ela será importante. A Mclaren terminou todas as provas com seus dois carros e nós não. Então, vamos continuar trabalhando para melhorar isso.



R - O que esperar para a próxima corrida, no desafiador circuito de Mônaco?
FM - Ali é sempre uma loteria. Esperamos contar com um pouco de sorte também.



Um mega abraço e até o nosso próximo pit-stop!!!

2 comentários:

  1. AQUILAS ARQUIMEDES29 de março de 2010 23:52

    É MAIS FÁCIL OBTER O QUE SE DESEJA COM UM SORRISO DO QUE COM A PONTA DA ESPADA.
    WILLIAM SHAKESPEARE

    ASSIM É VOCÊ MEU NOME COLEGA CLAUDIO COM ESSE SORRISO QUE NOS CONQUISTA A CADA DIA , E QUE VOCÊ VÁ EM FRENTE COM ESTE GRANDE SONHO.

    ResponderExcluir
  2. Olá Aquilas!

    Caramba,fico muito contente pelo seu reconhecimento e mais ainda pela comparação.
    Obrigado a você pela participação e espero lhe ver mais vezes por aqui.

    ATENCIOSAMENTE
    CLAUDIO HELIANO

    ResponderExcluir

Participe! Deixe aqui seu comentário. Obrigado!

TV MOTOR

TV MOTOR

ULTIMAS VOLTAS GP BRASIL 2006

PODERÁ GOSTAR TAMBÉM

IMAGEM DA SEMANA - HAMILTON CELEBRA TETRACAMPEONATO: "NÃO PARECE REAL"

Lewis Hamilton não precisava de um grande resultado para conquistar o quarto título mundial de Fórmula 1 de sua carreira. Porém, o inglês, que precisava apenas de um quinto lugar para definir o título, viu o Grande Prêmio do México, disputado neste domingo (29) virar um drama após ter um pneu furado e cair para a última posição. Sebastian Vettel, porém, não conseguiu brigar pela vitória, e o piloto da Mercedes conquistou o título com o nono lugar.


Fonte de pesquisa e reprodução: Racingonline


POLÊMICA DA SEMANA - COM CRESCENTE DE RED BULL E MCLAREN, FERRARI CAMINHA PARA "CRISE"

A Ferrari está “caminhando para uma crise” que tradicionalmente é “difícil de sair”.


Essa é a visão do ex-engenheiro da Ferrari, Toni Cuquerella, ao avaliar o recente fracasso de Sebastian Vettel em desafiar o título de 2017.


“A Ferrari foi muito mais competitiva do que nos anos anteriores”, escreveu o ‘El Paris’. “A Ferrari teve um carro melhor do que Mercedes em cinco dos 18 Grandes Prêmios”, acrescentou Cuquerella.


“Foi um bom ano e eles deveriam estar felizes. Mas, como sempre, na Ferrari, duas corridas com resultados ruins significam o início de uma crise.


“E a Mercedes soube se aproveitar muito bem disso”, disse ele.


Cuquerella acredita que o desafio da Ferrari agora é “escapar da crise” por trás disso e sair com um pacote forte desde o começo de 2018.


No entanto, “a Ferrari luta para sair de suas crises”, disse o espanhol. “Enquanto isso, outros como Red Bull e McLaren podem chegar a esse nível no próximo ano.


“Este ano, a equipe mais rápida e o piloto mais rápido ganharam, mas a tendência indica que esse domínio não necessariamente continuará.


“O próximo título pode ser conquistado por uma equipe que não obrigatoriamente tenha o melhor carro”, finalizou.


Fonte de pesquisa e reprodução: f1mania.com.br

VÍDEOS INTERESSANTES, EDIÇÃO Nº 25 - FABRICAÇÃO DE UM F-1

GP COMPLETO

GP COMPLETO

GP MALÁSIA 2004

O nosso quadro GP Completo, edição nº 7 traz o GP da Malásia de 2004 (segunda prova da temporada), já que estamos em um final de semana de corrida de F-1 (GP Malásia) e não por acaso, que escolhi a Malásia para esta edição.Um grid cheio com bastante carros e pilotos, interessante dizer que em 2004 tínhamos três pilotos brasileiros : Barrichello (Ferrari), Cristiano da Matta (Toyota), Felipe Massa (Sauber).

CINEMA NO BLOG

CINEMA NO BLOG

EM CARTAZ

EM CARTAZ

ECURRALADO

CARINHA DO BLOG (TRISTE)

CARINHA DO BLOG (TRISTE)

O número 13 parece não dá sorte mesmo, pois bem, foi o que aconteceu com o Oreca nº 13 da Rebellion Racing, pilotado por Nelsinho Piquet, Mathias Beche e David Heinemeier-Hansson, eles tinham conquistado o segundo lugar da classe LMP2 e o terceiro posto geral.


Mas a equipe teve que fazer um reparo no motor de arranque e por isso abriram um buraco no carro ao qual danificou uma das homologações, ferindo assim o regulamento. E daí a punição. lamentável!!!

DEDICATÓRIAS

DEDICATÓRIAS
Poster autografado (por Nelson Piquet) para o blogueiro Claudio Heliano

'

'
Poster autografado (por Nigel Mansell) par ao blogueiro Claudio Heliano

'

'
Autografada por Luiz Razia