quarta-feira, 3 de março de 2010

O DEDO OUSADO DE DAVID COULTHARD - HISTÓRIAS DO CIRCO DA F-1 (EDIÇÃO Nº 1)




Olá meus amigos (as)!


Apaixonado por F-1 - O seu blog da velocidade - Apresenta : Histórias do circo - edição 1.

Desta vez estou trazendo para vocês um momento "diferente" dentro do circo da Fórmula 1. É algo que muitas vezes acontece no mundo automobilístico, onde os nervos estão a flor da pele. Atualmente na F-1, vocês não verão uma "cena" destas. Até por que o circo hoje em dia está mais controlado e cheios de regras. Qualquer ato de indisciplina ou que fuja das regras de bom convívio nas pistas é castigado sem perdão.




Durante o GP da França, 9º etapa, da temporada do ano 2000 David Coulthard fez um gesto não muito correto (deu "dedo" para o Schumacher), diante de todo o Mundo.



O fato envolveu o piloto alemão Michael Schumacher, que na época era piloto da Ferrari. Neste GP, David Coulthard, piloto da McLaren tinha um carro mais veloz que seus adversários,Coulthard que estava em 3º foi em busca do líder- Schumacher. A briga iniciou na 32º passagem e após oito voltas o escocês conseguiu finalizar a ultrapassagem.

Vejam a explicação do Coulthard a respeito do dedo " Devo me desculpar pelos gestos, espero que as crianças não tenham notado na TV, fui mal-educado. Mas minhas emoções naquele momento eram grandes. Eu sabia que tinha de ganhar para continuar brigando pelo título. Vi o espaço por fora e ele deixou o carro numa trajetória que normalmente não tomaria. Acho que Michael não dirige de maneira esportiva. Sei que muita gente acha que os métodos dele são os melhores para quem quer ser campeão nos dias de hoje. Mas há regras aqui, e jogar o oponente para fora da pista não faz parte delas".



Olhem a resposta do Michael Schumacher " O que fiz foi absolutamente normal. David fala algumas coisas com as quais eu não concordo frequentemente. E se ele não gosta de disputar posições, de lutar por elas, deveria fazer outra coisa na vida".


No final das 72 voltas o escocês da McLaren foi o vencedor da prova,trazendo com ele seu companheiro de equipe o Bi-Campeão (98,99), Mika Hakkinen. Rubens Barrichello finalizou o pódio com a terceira colocação. Schumacher não concluiu a prova, seu motor não aguentou e foi para o espaço.


Até essa etapa, Schumacher continuava na liderança do campeonato com 56 pontos
2) Coulthard, 44
3) Hakkinen,38
 4) Barrichello,32

 No final das 17 etapas, Schumacher conquistava então seu terceiro título de piloto (108 pts). Mika Hakkinen foi o vice (89 pts), Coulthard 3º (73 pts) e Barrichello o 4º (62 pts).



Bye-Bye!!!





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe! Deixe aqui seu comentário. Obrigado!

TV MOTOR

TV MOTOR
DEPOIMENTO DE FELIPE NARS SOBRE SUA CARREIRA

TV MOTOR

PODERÁ GOSTAR TAMBÉM

IMAGEM DA SEMANA - EQUIPE BAHIA RACING CAMPEÃ DO ENDURANCE 6H. NO KARTÓDROMO PALADINO (JOÃO PESSOA)

IMAGEM DA SEMANA - EQUIPE BAHIA RACING CAMPEÃ DO ENDURANCE 6H. NO KARTÓDROMO PALADINO (JOÃO PESSOA)
Parabéns aos pilotos Diego Freitas, Euvaldo Luz, Victor Luz e Armando Duran!

POLÊMICA DA SEMANA - HALLO NÃO!

HALO NÃO! RIO (gente doida) – Aí que fico algumas horas longe do computador e a FIA decide que será o Halo a proteção de cockpit a ser adotada na F-1 no ano que vem. O Shield, testado por Vettel no fim de semana de Silverstone, foi reprovado em menos de uma volta — o piloto ficou tonto e enjoado.


Como a FIA quer alguma coisa em 2018, resolveu partir para algo que foi bem testado no ano passado.


Acho uma aberração estética. Acho que não impediria a mola de atingir a testa de Massa. Acho que que não salvaria Bianchi. Acho que não serve para muita coisa, exceto para o caso de um pneu voar sobre a cabeça de um piloto. Algo que, convenhamos, não tem acontecido com frequência.


Fonte de pesquisa e reprodução: Blog do Flavio Gomes


VÍDEOS INTERESSANTES, EDIÇÃO Nº 25 - FABRICAÇÃO DE UM F-1

GP COMPLETO

*

GP ITÁLIA 1992, MONZA

A 6ª edição do nosso quadro "GP Completo", traz o charmoso e clássico GP Itália, pista "velha" e que traz fortes emoções em qualquer ano que seja disputado. O ano é 1992, as Williams-Renault eram os carros a serem perseguidos pelos adversários, a dupla de pilotos era formada por Nigell Mansell e Ricardo Patrese, que corria em casa.

CINEMA NO BLOG

CINEMA NO BLOG

EM CARTAZ

EM CARTAZ

ECURRALADO

CARINHA DO BLOG (TRISTE)

CARINHA DO BLOG (TRISTE)

O número 13 parece não dá sorte mesmo, pois bem, foi o que aconteceu com o Oreca nº 13 da Rebellion Racing, pilotado por Nelsinho Piquet, Mathias Beche e David Heinemeier-Hansson, eles tinham conquistado o segundo lugar da classe LMP2 e o terceiro posto geral.


Mas a equipe teve que fazer um reparo no motor de arranque e por isso abriram um buraco no carro ao qual danificou uma das homologações, ferindo assim o regulamento. E daí a punição. lamentável!!!

DEDICATÓRIAS

DEDICATÓRIAS
Poster autografado (por Nelson Piquet) para o blogueiro Claudio Heliano

'

'
Poster autografado (por Nigel Mansell) par ao blogueiro Claudio Heliano

'

'
Autografada por Luiz Razia