quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

1000 KM DE INTERLAGOS

Salve, salve, meus bons amigos (as)!

Se preparem! Vem aí o IV GP Cidade de São Paulo, que acontecerá nos dias 21, 22, 23 e 24 de Janeiro de 2010. Local: Autódromo Internacional Carlos PaceInterlagos. Integrando as comemorações dos 456 anos da cidade de São Paulo, evento terá como principal prova os 1000 km de Interlagos,contará também com provas das categorias Clássicos de Competição e Fórmula 3 Sul-Americana.

O primeiro GP de São Paulo de Automobilismo foi realizado nas ruas e avenidas dos Jardins em 1936, tendo como pista principal a Avenida Brasil. Foi a prova mais importante realizada até aquele momento, e contava com pilotos internacionais da época, sendo o Carlo Pintacudamais e Attilio Marinoni, trazendo suas Alfas da equipe de Enzo Ferrari. O Brasil contra-atacava com Chico Landi e o barão Manuel de Teffe, pilotos de maior renome nacional e internacional.
Durante todo final de semana a organização do evento irá distribuir em prêmios o valor de R$ 33.000,00 (Trinta e três mil reais), a serem distribuídos da seguinte forma:

* 1º Colocado Categoria I R$ 8.000,00 (Oito mil reais)
* 1º Colocado Categoria II R$ 8.000,00 (Oito mil reais )
* 1º Colocado Categoria III R$ 8.000,00 (Oito mil reais )

E mais 9 (Nove) prêmios de R$ 1.000,00 (mil reais). A distribuição dos prêmios será a seguinte: Na reunião de pilotos, chamada de briefing, serão sorteada nove voltas dentro das 233 programadas ou no limite máximo da competição, que será de oito horas. E que passar na volta sorteada em "x" posição, esse ganhará o prêmio. Exemplificando, volta 50, posição 23º, pronto, quem passar nessas condições será o ganhador dos R$ 1000 (mil reais).

Em 2009 a vitória dos 1000 Km, na categoria I ficou com a equipe Via Itália e sua Ferrari F430 GT2 comandada por Chico Longo, Daniel Serra e Chico Serra.Na categoria II Maurício Olio, Amaury Biem e André Carrillo venceram com um Chevrolet Omega; e na III Jair Bana e Carlos Eduardo Bana venceram com um Protótipo Predador Opel.

De acordo com o regulamento para cada carro inscrito nas provas, poderão ser inscritos no mínimo 02(dois) pilotos e no máximo 03(três) pilotos, podendo inscrever um piloto reserva, provas acima de três horas, poderá ter o quarto piloto - como esta.Um piloto somente poderá permanecer dirigindo por 2(duas)horas consecutivas e deverá permanecer em repouso, no mínimo por 1(uma) hora para retornar à pista.

No que diz respeito a iluminação dianteira são obrigatórios, no mínimo, 2 (dois) focos de luzes e no máximo, 8 (oito) focos de luzes dianteiras quando a prova for noturna. Na traseira são obrigatórios, no mínimo 2 (dois) e no máximo 4 (quatro) focos de luz traseira vermelha. Em todos os focos deverão funcionar tanto a lanterna como a luz de freio. Os diretores de provas e comissões técnicas estarão de olho se por acaso suspeitar de qualquer artíficio que possa desligar as luzes do freio ou mesmo acioná-las independentemente do pedal de freio.



Os veículos estarão distribuídos em três categorias:

Categoria I - Sport Protótipo FIA,Sport Protótipo Nacional ( acima 2001 CC ),FIA GT2 / GT3 / NGT, Qualquer veículo com turbo e Força Livre acima de 2001 cc.

Categoria II - Turismo Até 2000 CC

Categoria III - Sport Protótipo até 2000 CC, Turismo Acima de 2001 CC e Força Livre até 2000.


Um fantástico abraço e até a próxima!!!






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe! Deixe aqui seu comentário. Obrigado!

TV MOTOR

TV MOTOR

ULTIMAS VOLTAS GP BRASIL 2006

PODERÁ GOSTAR TAMBÉM

IMAGEM DA SEMANA - HAMILTON CELEBRA TETRACAMPEONATO: "NÃO PARECE REAL"

Lewis Hamilton não precisava de um grande resultado para conquistar o quarto título mundial de Fórmula 1 de sua carreira. Porém, o inglês, que precisava apenas de um quinto lugar para definir o título, viu o Grande Prêmio do México, disputado neste domingo (29) virar um drama após ter um pneu furado e cair para a última posição. Sebastian Vettel, porém, não conseguiu brigar pela vitória, e o piloto da Mercedes conquistou o título com o nono lugar.


Fonte de pesquisa e reprodução: Racingonline


POLÊMICA DA SEMANA - COM CRESCENTE DE RED BULL E MCLAREN, FERRARI CAMINHA PARA "CRISE"

A Ferrari está “caminhando para uma crise” que tradicionalmente é “difícil de sair”.


Essa é a visão do ex-engenheiro da Ferrari, Toni Cuquerella, ao avaliar o recente fracasso de Sebastian Vettel em desafiar o título de 2017.


“A Ferrari foi muito mais competitiva do que nos anos anteriores”, escreveu o ‘El Paris’. “A Ferrari teve um carro melhor do que Mercedes em cinco dos 18 Grandes Prêmios”, acrescentou Cuquerella.


“Foi um bom ano e eles deveriam estar felizes. Mas, como sempre, na Ferrari, duas corridas com resultados ruins significam o início de uma crise.


“E a Mercedes soube se aproveitar muito bem disso”, disse ele.


Cuquerella acredita que o desafio da Ferrari agora é “escapar da crise” por trás disso e sair com um pacote forte desde o começo de 2018.


No entanto, “a Ferrari luta para sair de suas crises”, disse o espanhol. “Enquanto isso, outros como Red Bull e McLaren podem chegar a esse nível no próximo ano.


“Este ano, a equipe mais rápida e o piloto mais rápido ganharam, mas a tendência indica que esse domínio não necessariamente continuará.


“O próximo título pode ser conquistado por uma equipe que não obrigatoriamente tenha o melhor carro”, finalizou.


Fonte de pesquisa e reprodução: f1mania.com.br

VÍDEOS INTERESSANTES, EDIÇÃO Nº 25 - FABRICAÇÃO DE UM F-1

GP COMPLETO

GP COMPLETO

GP MALÁSIA 2004

O nosso quadro GP Completo, edição nº 7 traz o GP da Malásia de 2004 (segunda prova da temporada), já que estamos em um final de semana de corrida de F-1 (GP Malásia) e não por acaso, que escolhi a Malásia para esta edição.Um grid cheio com bastante carros e pilotos, interessante dizer que em 2004 tínhamos três pilotos brasileiros : Barrichello (Ferrari), Cristiano da Matta (Toyota), Felipe Massa (Sauber).

CINEMA NO BLOG

CINEMA NO BLOG

EM CARTAZ

EM CARTAZ

ECURRALADO

CARINHA DO BLOG (TRISTE)

CARINHA DO BLOG (TRISTE)

O número 13 parece não dá sorte mesmo, pois bem, foi o que aconteceu com o Oreca nº 13 da Rebellion Racing, pilotado por Nelsinho Piquet, Mathias Beche e David Heinemeier-Hansson, eles tinham conquistado o segundo lugar da classe LMP2 e o terceiro posto geral.


Mas a equipe teve que fazer um reparo no motor de arranque e por isso abriram um buraco no carro ao qual danificou uma das homologações, ferindo assim o regulamento. E daí a punição. lamentável!!!

DEDICATÓRIAS

DEDICATÓRIAS
Poster autografado (por Nelson Piquet) para o blogueiro Claudio Heliano

'

'
Poster autografado (por Nigel Mansell) par ao blogueiro Claudio Heliano

'

'
Autografada por Luiz Razia