quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

ELE VOLTOU!!!

"Eu voltei, voltei para ficar, pois, aqui, aqui é o meu lugar..." Gente o alemão encardido voltou e voltou para valer. Ele assinou contrato com a nova equipe de F-1 a Mercedes-Benz, ex-Brawn, que manterá o mesmo Ross Brawn, que fez parceria com o alemão nos tempos de Benetton e Ferrari e na qual o piloto obteve títulos nas duas equipes que correra. Será que vai dar ele novamente no ano que vem? Será que terá o mesmo "pique" de anos anteriores?

Uma coisa é certa: a F-1 de uns três anos para cá está sempre em mudança, buscando criar uma maneira de deixar o público vidrado na atmosfera da categoria. Eu sou um apaixonado por automobilismo e não deixo de acompanhar outras categorias, na F-Indy, é disputa do início ao fim, tem provas que você só vai saber quem irá vencer nas últimas cinco voltas. E nós que gostamos desse envóltorio que a disputa de posições na pista e ultrapassagens ousadas, ficamos muito satisfeitos quando acontece assim.

Voltando a "falar" sobre o retorno do quebrador de recordes da f-1, Michael Schumacher, que aos 40 anos resolveu voltar à categoria, na qual tinha abandonado no final da temporada de 2006, ao ser pressionado por um tal de, Fernando Alonso, que na época corria de Renault, foi o responsável pela quebra de títulos do alemão voador, que vinha numa sequência de títulos (2000, 2001, 2002, 2003, 2004).


Em 2005 e 2006 Alonso ficou com o bi-campeonato e com certeza esse espanhol contribuiu para acelerar a saída do Schumacher. Que coisa engraçada irá acontecer, quem estará pilotando uma Ferrari será o Fernando Alonso, já o Schumacher estará na equipe Mercedes, que comprou a campeã Brawn GP, mas que manterá o mesmo chefe de equipe, o Ross Brawn.

Schumacher assinou contrato por três temporadas e receberá a bagatela de R$ 17,8 milhões (€ 7 milhões) por temporada, seu companheiro de equipe será Nico Rosberg, que até então prestava serviços a equipe Williams como piloto oficial. O comitê de funcionários da Mercedes (grupo Daimler) demonstraram revolta, ao saberem que o alemão irá receberá, sete milhões de libras anuais (cerca de R$ 17 milhões de reais), eles tinham entendido que a fabricante alemã alegava reduzir custos e teria transferido a fabricação do modelo Classe C para os Estados Unidos. Norbert Haug, diretor da divisão esportiva da Mercedes, disse que o retorno com a contratação de Schumacher é garantido.

- Tudo isto aumentará a venda de veículos e vai atrair a atenção de muitas pessoas para a qualidade da estrela, símbolo da empresa. Sabemos muito bem onde investimos nosso dinheiro - disse ao canal público ZDF.

Schumacher afirma já estar pensando em título na temporada 2010.
“A Brawn GP é uma equipe que venceu ambos os campeonatos neste ano”, disse Schumacher. “Com a Mercedes-Benz como uma forte parceria, nosso objetivo só pode ser lutar pelo campeonato. Haverá uma intensa competição, pelo o que temos visto, e eu estou muito animado para voltar neste momento”.

Schumacher também afirmou que sua forma física não será problema no ano que vem. “Eu posso dizer com 100% de certeza que o pescoço não será um problema no futuro. Infelizmente ainda estava muito perto do acidente quando eu tentei com a Ferrari. O tempo agora foi o suficiente para eu me recuperar”, concluiu.





E vocês meus companheiros (as) da velocidade, acreditam no sucesso do alemão no retorno à categoria top do automobilismo mundial? Respondam na enquete que este humilde blog está promovendo.





Um ótimo feriado e Feliz Natal!!!

2 comentários:

  1. Uma entrevista com uma astróloga e uma taróloga no UOL a respeito de previsões para 2010 aponta um possível acidente em maio com o alemão, e um mais grave entre setembro e outubro. Vamos acompanhar e ver se estão corretas. Será que perdeu a mão? rs.

    Faez.
    Feliz Ano Novo!!!

    ResponderExcluir
  2. Essas previsões são de somente acidentes, né?
    Torço para que nenhum corredor se machuque.Acidentes fazem parte deste esporte tão perigoso, agora daí afirmar que Schumacher irá se acidentar ou não, é meramente especulação.

    Ela previu que Massa será o campeão? Tomara que sim (risos).

    Valeu Faez, Feliz Ano Novo!!!

    ATENCIOSAMENTE
    CLAUDIO HELIANO

    ResponderExcluir

Participe! Deixe aqui seu comentário. Obrigado!

TV MOTOR

TV MOTOR

ESPECIAL FAMÍLIA PIQUET - EPISÓDIO 3 - MOTORSPORT.COM BRASIL

PODERÁ GOSTAR TAMBÉM

IMAGEM DA SEMANA - PEDRO PIQUET VIBRA COM PRIMEIRA VITÓRIA NA GP3

IMAGEM DA SEMANA - PEDRO PIQUET VIBRA COM PRIMEIRA VITÓRIA NA GP3
Julho 2018

Pedro Piquet celebrou sua primeira vitória na GP3, obtida na segunda corrida da quarta etapa do campeonato, disputada no circuito de Silverstone no último domingo (8). O piloto liderou um pódio dominado pela equipe Trident após superar o francês Giuliano Alesi na largada e pontear todas as 15 voltas da corrida disputada no interior da Inglaterra. O resultado ainda colocou o brasileiro no top-5 do campeonato, objetivo traçado antes da rodada dupla.


Fonte de pesquisa e reprodução: racingonline


POLÊMICA DA SEMANA - PILOTO DA F-2 É SUSPENSO APÓS "DIA DE FÚRIA" EM SILVERSTONE

POLÊMICA DA SEMANA - PILOTO DA F-2 É SUSPENSO APÓS "DIA DE FÚRIA" EM SILVERSTONE
Julho 2018

Santino Ferrucci, piloto protegido da Haas, recebe gancho de quatro provas após bater no parceiro de equipe e guiar pelo paddock segurando um celular


Piloto júnior da Haas na F1, Santino Ferrucci recebeu quatro corridas de suspensão da F2 após colidir com seu companheiro de equipe Arjun Maini ao fim da etapa de domingo, em Silverstone.


Ferrucci bateu na traseira de seu colega de Trident na volta de retorno aos boxes após a bandeirada.


Pelo incidente, ele recebeu uma multa de 60 mil euros e foi banido das próximas duas rodadas, em Hungaroring e Spa.


Além disso, o americano foi visto guiando sem uma luva entre os paddocks da F2 e F1, o que não é permitido. Nesta mão, ele foi visto segurando um telefone, e, por essas duas infrações, ele recebeu uma multa de 6 mil euros.


Ferrucci também foi visto forçando Maini, que também é protegido da Haas, para fora da pista na curva 4 na prova de domingo, sendo desclassificado da corrida.


A dupla também havia batido na corrida de sábado, sendo que Ferrucci recebeu uma punição por ter forçado Maini para fora da pista.


Gunther Steiner, chefe da equipe Haas na F1, confirmou que investigaria o incidente envolvendo seu pupilo.


“Estou ciente do incidente. Eu o vi na TV quando a corrida estava sendo mostrada. Não percebi, não ouvi o áudio, mas eu estava ciente de que havia problemas”, comentou.


“Eu disse que não vou lidar com isso hoje. Vou lidar durante a semana, então terei mais informações. Estou ciente de que algo aconteceu, mas, no momento, não tenho informações suficientes para comentar.


” Em sua conta no Twitter, a equipe Trident expressou apoio a Maini, acusando Ferrucci de “falta de espírito esportivo e, acima de tudo, com um comportamento não civilizado” por parte do piloto e de seu pai. Além disso, o time também disse que seus advogados lidarão com as implicações contratuais do ocorrido.


Fonte de pesquisa e reprodução: motorsport.com


GP COMPLETO

GP COMPLETO

VÍDEOS INTERESSANTES, EDIÇÃO Nº 26 - ENTREVISTA COM FELIPE MASSA, NA "MURETA COM RUBITO"

GP INGLATERRA 2005

CINEMA NO BLOG

CINEMA NO BLOG

EM CARTAZ

EM CARTAZ

SALVEM-SE QUEM PUDER - RALLY DA JUVENTUDE

BLOG NA TV - APAIXONADO POR F-1

BLOG NA TV - APAIXONADO POR F-1
GP Road America, F-Indy 2018

PROMOÇÕES/ CONCURSOS/ DINÂMICAS

SÉRGIO JIMENEZ - PILOTO STOCK CAR, VAI SORTEAR UM PAR DE ÓCULOS PARA OS FÃS QUE O ESCOLHEREM NO HER

SÉRGIO JIMENEZ - PILOTO STOCK CAR, VAI SORTEAR UM PAR DE ÓCULOS PARA OS FÃS QUE O ESCOLHEREM NO HER
Clique na imagem e saiba como participar.

MUNDIAL PILOTOS F1 2018

MUNDIAL  PILOTOS F1 2018

CLASSIFICAÇÃO APÓS GP INGLATERRA


1º Vettel, 171






2º Hamilton, 163





3º Raikkonen, 116



4º Ricciardo, 106



5º Bottas, 104
6º Verstappen, 104





7º Hulkenberg, 42





8ºAlonso, 40



9° Magnussen, 39



10º Sainz, 28



11º Ocon, 25





12º Perez, 24





13° Gasly, 18





14º Leclerc, 13





15º Grosjean, 12




16º Vandoorne, 8






17º Stroll, 4







18º Ericsson, 3





19º Brendon, 1



20º Sirotkin, 0






MUNDIAL CONSTRUTORES F1 2018

MUNDIAL CONSTRUTORES F1 2018
Classificação após GP Inglaterra



1º Ferrari: 287 pontos





2º Mercedes: 267





3º Red Bull- Tag Heuer: 199

















4º Renault: 70




5º Hass-Ferrari: 51





6º Force India-Mercedes: 49







7º McLaren-Renault : 48













8º Scuderia Toro Rosso-Honda: 19




9º Sauber-Ferrari: 16











10° Williams-Mercedes: 4