quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

ELE VOLTOU!!!

"Eu voltei, voltei para ficar, pois, aqui, aqui é o meu lugar..." Gente o alemão encardido voltou e voltou para valer. Ele assinou contrato com a nova equipe de F-1 a Mercedes-Benz, ex-Brawn, que manterá o mesmo Ross Brawn, que fez parceria com o alemão nos tempos de Benetton e Ferrari e na qual o piloto obteve títulos nas duas equipes que correra. Será que vai dar ele novamente no ano que vem? Será que terá o mesmo "pique" de anos anteriores?

Uma coisa é certa: a F-1 de uns três anos para cá está sempre em mudança, buscando criar uma maneira de deixar o público vidrado na atmosfera da categoria. Eu sou um apaixonado por automobilismo e não deixo de acompanhar outras categorias, na F-Indy, é disputa do início ao fim, tem provas que você só vai saber quem irá vencer nas últimas cinco voltas. E nós que gostamos desse envóltorio que a disputa de posições na pista e ultrapassagens ousadas, ficamos muito satisfeitos quando acontece assim.

Voltando a "falar" sobre o retorno do quebrador de recordes da f-1, Michael Schumacher, que aos 40 anos resolveu voltar à categoria, na qual tinha abandonado no final da temporada de 2006, ao ser pressionado por um tal de, Fernando Alonso, que na época corria de Renault, foi o responsável pela quebra de títulos do alemão voador, que vinha numa sequência de títulos (2000, 2001, 2002, 2003, 2004).


Em 2005 e 2006 Alonso ficou com o bi-campeonato e com certeza esse espanhol contribuiu para acelerar a saída do Schumacher. Que coisa engraçada irá acontecer, quem estará pilotando uma Ferrari será o Fernando Alonso, já o Schumacher estará na equipe Mercedes, que comprou a campeã Brawn GP, mas que manterá o mesmo chefe de equipe, o Ross Brawn.

Schumacher assinou contrato por três temporadas e receberá a bagatela de R$ 17,8 milhões (€ 7 milhões) por temporada, seu companheiro de equipe será Nico Rosberg, que até então prestava serviços a equipe Williams como piloto oficial. O comitê de funcionários da Mercedes (grupo Daimler) demonstraram revolta, ao saberem que o alemão irá receberá, sete milhões de libras anuais (cerca de R$ 17 milhões de reais), eles tinham entendido que a fabricante alemã alegava reduzir custos e teria transferido a fabricação do modelo Classe C para os Estados Unidos. Norbert Haug, diretor da divisão esportiva da Mercedes, disse que o retorno com a contratação de Schumacher é garantido.

- Tudo isto aumentará a venda de veículos e vai atrair a atenção de muitas pessoas para a qualidade da estrela, símbolo da empresa. Sabemos muito bem onde investimos nosso dinheiro - disse ao canal público ZDF.

Schumacher afirma já estar pensando em título na temporada 2010.
“A Brawn GP é uma equipe que venceu ambos os campeonatos neste ano”, disse Schumacher. “Com a Mercedes-Benz como uma forte parceria, nosso objetivo só pode ser lutar pelo campeonato. Haverá uma intensa competição, pelo o que temos visto, e eu estou muito animado para voltar neste momento”.

Schumacher também afirmou que sua forma física não será problema no ano que vem. “Eu posso dizer com 100% de certeza que o pescoço não será um problema no futuro. Infelizmente ainda estava muito perto do acidente quando eu tentei com a Ferrari. O tempo agora foi o suficiente para eu me recuperar”, concluiu.





E vocês meus companheiros (as) da velocidade, acreditam no sucesso do alemão no retorno à categoria top do automobilismo mundial? Respondam na enquete que este humilde blog está promovendo.





Um ótimo feriado e Feliz Natal!!!

2 comentários:

  1. Uma entrevista com uma astróloga e uma taróloga no UOL a respeito de previsões para 2010 aponta um possível acidente em maio com o alemão, e um mais grave entre setembro e outubro. Vamos acompanhar e ver se estão corretas. Será que perdeu a mão? rs.

    Faez.
    Feliz Ano Novo!!!

    ResponderExcluir
  2. Essas previsões são de somente acidentes, né?
    Torço para que nenhum corredor se machuque.Acidentes fazem parte deste esporte tão perigoso, agora daí afirmar que Schumacher irá se acidentar ou não, é meramente especulação.

    Ela previu que Massa será o campeão? Tomara que sim (risos).

    Valeu Faez, Feliz Ano Novo!!!

    ATENCIOSAMENTE
    CLAUDIO HELIANO

    ResponderExcluir

Participe! Deixe aqui seu comentário. Obrigado!

TV MOTOR

TV MOTOR

ULTIMAS VOLTAS GP BRASIL 2006

PODERÁ GOSTAR TAMBÉM

IMAGEM DA SEMANA - INCÊNDIO NA CALIFÓRNIA AMEAÇA AUTÓDROMO DE SONOMA, MAS PRESIDENTE GARANTE QUE..

Um incêndio na região de Santa Rosa, na Califórnia, chegou nos arredores do circuito de Sonoma. O presidente da pista, no entanto, garante que não há risco de danos na estrutura do palco das decisões da Indy.


A pista de Sonoma amanheceu ameaçada por um incêndio florestal que vem se alastrando pela região. Com foco nas proximidades da cidade californiana de Santa Rosa - aproximadamente 50 km distante do circuito -, o incêndio chegou até os arredores da pista, invadindo o terreno do palco da decisão das temporadas da Indy.


Apesar disso, o presidente do circuito garante que não há risco de danos nas estruturas e afirmou que as equipes da pista estão trabalhando ao lado das autoridades públicas para o controle das chamas.


Fonte de pesquisa e reprodução: grandepremio.uol.com.br

POLÊMICA DA SEMANA - NÃO FAZ O MENOR SENTIDO FELIPE MASSA FORA DA WILLIAMS EM 2018

Uma hipotética saída de Felipe Massa da Williams significa jogar por terra o programa de desenvolvimento iniciado em 2017.


Por: Américo Teixeira Junior


Caso a lógica impere, qualquer discussão sobre o teammate de Lance Stroll em 2018 é inócua, pois não faz o menos sentido remover Felipe Massa da posição. Salvo uma imposição contundente do poder econômico, a evolução da Williams e do piloto canadense passam necessariamente pelas mãos do brasileiro vice-campeão mundial.


O fato de a equipe ter se reestruturado e investido em pessoal qualificado, revela estar em franco desenvolvimento um projeto para a equipe fundada por Frank Williams voltar a figurar entre as protagonistas da Fórmula 1, mesmo estando vulnerável à necessidade de recursos.


A presença de Stroll reflete essa vulnerabilidade, mas nem por isso deixou de ser uma aposta no futuro, pois é visível a evolução do piloto, que inegavelmente se destacou nas categorias de base. Sim, pois há um limite para o poder do dinheiro no automobilismo. Vagas, compram-se, mas moeda alguma se converte em qualidade e resultados.


Felipe Massa faz parte dessa engrenagem dentro das pistas, mas principalmente fora delas. Referência técnica e desportiva, é indispensável uma bagagem como a dele na hora de discutir procedimentos e soluções. Já Stroll está incapacitado de fazê-lo por estar ainda, por assim dizer, tentando descobrir para que lado vira a coisa.


É fato que o pai do canadense é sócio da Williams, dono de uma quantidade não revelada de ações. Estima-se que teria comprado 30% das ações pertencentes a Frank Williams. Independentemente de esse número ser correto, a verdade é que sua palavra tem peso, sendo lícito supor que advogue pela manutenção de um formato que tende a evoluir se a Williams for capaz de entregar um carro promissor em 2018.


Não se pode desconsiderar que os “Irma” da vida também sacodem a Fórmula 1 de tempos em tempos, mas em tempos de, quando muito, “tempestades tropicais”, Felipe Massa fica onde está.


Fonte de pesquisa e reprodução: diariomotorsport

VÍDEOS INTERESSANTES, EDIÇÃO Nº 25 - FABRICAÇÃO DE UM F-1

GP COMPLETO

GP COMPLETO

GP MALÁSIA 2004

O nosso quadro GP Completo, edição nº 7 traz o GP da Malásia de 2004 (segunda prova da temporada), já que estamos em um final de semana de corrida de F-1 (GP Malásia) e não por acaso, que escolhi a Malásia para esta edição.Um grid cheio com bastante carros e pilotos, interessante dizer que em 2004 tínhamos três pilotos brasileiros : Barrichello (Ferrari), Cristiano da Matta (Toyota), Felipe Massa (Sauber).

CINEMA NO BLOG

CINEMA NO BLOG

EM CARTAZ

EM CARTAZ

ECURRALADO

CARINHA DO BLOG (TRISTE)

CARINHA DO BLOG (TRISTE)

O número 13 parece não dá sorte mesmo, pois bem, foi o que aconteceu com o Oreca nº 13 da Rebellion Racing, pilotado por Nelsinho Piquet, Mathias Beche e David Heinemeier-Hansson, eles tinham conquistado o segundo lugar da classe LMP2 e o terceiro posto geral.


Mas a equipe teve que fazer um reparo no motor de arranque e por isso abriram um buraco no carro ao qual danificou uma das homologações, ferindo assim o regulamento. E daí a punição. lamentável!!!

DEDICATÓRIAS

DEDICATÓRIAS
Poster autografado (por Nelson Piquet) para o blogueiro Claudio Heliano

'

'
Poster autografado (por Nigel Mansell) par ao blogueiro Claudio Heliano

'

'
Autografada por Luiz Razia