sábado, 31 de outubro de 2009

AGORA É PARA VALER

Olá meus bons e velhos (não de idade) amigos (as)!

Primeiramente, quero pedir desculpas pela ausência em algumas notícias do meio automobilistico de competição. Por alguns dias passei algumas dificuldades em relação à minha saúde. Nesse mundo maluco e globalizado, onde muitas vezes, o que vale mais, é o capital financeiro e números a serem alcançados e superados, somos envolvidos num círculo vicioso e perigoso. Mas Graças ao nosso Criador (Deus) estou recuperado e de volta ao batente.

Uma notícia muito esperado pelos amantes do esporte a motor, aconteceu em definitivo. Em 2010, teremos a presença de mais um brasileiro no cenário do automobilismo internacional, na categoria mais cobiçada por todos os pilotos que sentem e incorporam o ronco agressivo dos motores e onde desponta as mais avançadas e inovadoras tecnologias automotivas, estamos falando, dela, a Fórmula 1. O nome dele? Oras, é o Bruno Senna.

A nova promessa brasileira no automobilismo mundial marcará sua estreia pela também equipe estreante Campos Metas 1 em 2010. A equipe Campos Racing existe desde 1998, e é de propriedade do ex-piloto de f-1 Adrian Campos, esta equipe já teve passagem por outras categorias, como a Fórmula 3 e GP2. Para estrear na F-1 ela se juntou com à empresa Metas Image (especializada em eventos, markenting e publicidade) com sede em Madri.

Senna tentou uma vaga no início deste ano pela extinta Honda, onde passou alguns dias testando o carro. Seus concorrentes diretos eram também dois brasileiros: Barrichello e Lucas de Grassi. Com o estouro da crise econômica em novembro de 2008, a Honda, vendeu suas instalações, onde Senna e Grassi, tiveram suas chances de pilotar no mundial bem reduzidas, foi então, que tiveram que esperar a outra "novela" da tão sonhada vaga na F-1. Barrichello foi o escolhido para fazer parceria com Jenson Button. A Honda foi comprada pelo Ross Brawn e marcou assim a estreia da nova equipe na categoria, a Brawn GP.

Senna teve que arrumar uma vaguinha em outra categoria na Le Mans Séries, onde na sua estreia, na pista de Barcelona foi ao pódio na terceira colocação. Participou dos 1000 Km de Spa, das 24 Horas de le Mans, entre outras, tudo dentro da mesma categoria.

Na quinta-feira (29), a imprensa espanhola, dava como certa a contratação do Bruno pela Campos, para a temporada 2010, e neste sábado (31), a Campos confirmou oficialmente a contratação do piloto brasileiro, o sócio da equipe Campos, Enrique Rodríguez de Castro, disse que é um prazer receber o piloto em seu time. " Nós o acompanhamos de perto desde seus primeiros anos em categorias inferiores e fomos testemunhas do rápido desenvolvimento que teve na GP2 para se transformar em um dos pilotos mais interessantes de sua geração. É incrível como chegou rápido à F-1, após poucos anos competindo".
O dirigente falou também da importância em ter o nome Senna de volta as pistas "Para a Campos, é uma honra extraordinária devolver o nome de Senna para a F-1. Nosso acordo reforça o objetivo de ser não só a primeira equipe espanhola da categoria, como também o primeiro time ibero-americano. Copa do Mundo de 2014, Olimpíadas de 2016 e três pilotos na F-1: é claro que o Brasil está chegando”.

Vamos lá Bruno Senna, Boa Sorte e seja bem-vindo ao mundo louco e barulhento da Fórmula 1.

Você pediu e nós do Apaixonado por F-1 - O seu blog da velocidade, atendemos: a matéria sobre a contratação do Bruno Senna. Valeu D+, Faez, pela sua participação!!!

3 comentários:

  1. Site legal com notícias sobre B.Senna:
    http://brunosennaoficial.blogspot.com/

    Faez.

    ResponderExcluir
  2. Valeu Faez.
    Já coloquei esse endereço neste blog no "sites que recomendo"
    ATENCIOSMANENTE
    CLAUDIO HELIANO

    ResponderExcluir
  3. Segue lista dos Top 10 da F-1 segundo o jornal britânico The Sun, Senna aparece apenas na terceira posição, discordo também do primeiro da lista.
    Abraço, Faez.

    http://br.esportes.yahoo.com/noticias/esportes-prost-schumacher-maiores-senna-afirma-sun-10112009-48.html

    ResponderExcluir

Participe! Deixe aqui seu comentário. Obrigado!

TV MOTOR

TV MOTOR

ULTIMAS VOLTAS GP BRASIL 2006

PODERÁ GOSTAR TAMBÉM

IMAGEM DA SEMANA - HAMILTON CELEBRA TETRACAMPEONATO: "NÃO PARECE REAL"

Lewis Hamilton não precisava de um grande resultado para conquistar o quarto título mundial de Fórmula 1 de sua carreira. Porém, o inglês, que precisava apenas de um quinto lugar para definir o título, viu o Grande Prêmio do México, disputado neste domingo (29) virar um drama após ter um pneu furado e cair para a última posição. Sebastian Vettel, porém, não conseguiu brigar pela vitória, e o piloto da Mercedes conquistou o título com o nono lugar.


Fonte de pesquisa e reprodução: Racingonline


POLÊMICA DA SEMANA - COM CRESCENTE DE RED BULL E MCLAREN, FERRARI CAMINHA PARA "CRISE"

A Ferrari está “caminhando para uma crise” que tradicionalmente é “difícil de sair”.


Essa é a visão do ex-engenheiro da Ferrari, Toni Cuquerella, ao avaliar o recente fracasso de Sebastian Vettel em desafiar o título de 2017.


“A Ferrari foi muito mais competitiva do que nos anos anteriores”, escreveu o ‘El Paris’. “A Ferrari teve um carro melhor do que Mercedes em cinco dos 18 Grandes Prêmios”, acrescentou Cuquerella.


“Foi um bom ano e eles deveriam estar felizes. Mas, como sempre, na Ferrari, duas corridas com resultados ruins significam o início de uma crise.


“E a Mercedes soube se aproveitar muito bem disso”, disse ele.


Cuquerella acredita que o desafio da Ferrari agora é “escapar da crise” por trás disso e sair com um pacote forte desde o começo de 2018.


No entanto, “a Ferrari luta para sair de suas crises”, disse o espanhol. “Enquanto isso, outros como Red Bull e McLaren podem chegar a esse nível no próximo ano.


“Este ano, a equipe mais rápida e o piloto mais rápido ganharam, mas a tendência indica que esse domínio não necessariamente continuará.


“O próximo título pode ser conquistado por uma equipe que não obrigatoriamente tenha o melhor carro”, finalizou.


Fonte de pesquisa e reprodução: f1mania.com.br

VÍDEOS INTERESSANTES, EDIÇÃO Nº 25 - FABRICAÇÃO DE UM F-1

GP COMPLETO

GP COMPLETO

GP MALÁSIA 2004

O nosso quadro GP Completo, edição nº 7 traz o GP da Malásia de 2004 (segunda prova da temporada), já que estamos em um final de semana de corrida de F-1 (GP Malásia) e não por acaso, que escolhi a Malásia para esta edição.Um grid cheio com bastante carros e pilotos, interessante dizer que em 2004 tínhamos três pilotos brasileiros : Barrichello (Ferrari), Cristiano da Matta (Toyota), Felipe Massa (Sauber).

CINEMA NO BLOG

CINEMA NO BLOG

EM CARTAZ

EM CARTAZ

ECURRALADO

CARINHA DO BLOG (TRISTE)

CARINHA DO BLOG (TRISTE)

O número 13 parece não dá sorte mesmo, pois bem, foi o que aconteceu com o Oreca nº 13 da Rebellion Racing, pilotado por Nelsinho Piquet, Mathias Beche e David Heinemeier-Hansson, eles tinham conquistado o segundo lugar da classe LMP2 e o terceiro posto geral.


Mas a equipe teve que fazer um reparo no motor de arranque e por isso abriram um buraco no carro ao qual danificou uma das homologações, ferindo assim o regulamento. E daí a punição. lamentável!!!

DEDICATÓRIAS

DEDICATÓRIAS
Poster autografado (por Nelson Piquet) para o blogueiro Claudio Heliano

'

'
Poster autografado (por Nigel Mansell) par ao blogueiro Claudio Heliano

'

'
Autografada por Luiz Razia