quinta-feira, 24 de setembro de 2009

A SENTENÇA

É muito bom poder estar de volta.

Turma, no dia 21 de Setembro, na segunda-feira, estava marcado para acontecer o julgamento no Tribunal Mundial de Esportes a Motor, do caso Nelsinho. Onde tudo começou a partir do momento que ele foi dispensado da equipe. Em seu Twitter ele expôs o que pensava a respeito do Briatore, que lhe pressionava em busca de obter melhores resultados e até chamou o italiano de "carrasco". Bom se vocês quiserem saber com mais detalhes da Mini-Série Nelsinho é só buscar aqui mesmo neste blog em edições anteriores.

Todo o mundo esportivo estava na espera da sentença e ela saiu, vamos a ela:

Flavio Briatore foi banido da F-1 e de toda e qualquer vínculo que tenha com a categoria e a FIA. incluindo aí empresas e pilotos. Atualmente Briatore é empresário, quer dizer, não é mais, de Nelsinho Piquet, Romain Grosjean (atualmente na Renault), Fernando Alonso ( Renault), Mark Webber (RBR), Heikki Kovalainen (McLaren). E o que agravou mais a situação do ex-chefe da Renault foi sua negação diante de todas as evidências "Determinando que tais instruções devam ser aplicadas por um período ilimitado, o Conselho Mundial de Automobilismo leva em consideração não só a gravidade da infração na qual o Sr. Briatore foi cúmplice, mas também as suas ações em continuar negando participação no caso, a despeito de todas as evidências", setenciou a FIA.

Pat Symonds, chefe projetista da Renault está suspenso da categoria por cinco anos e de toda e qualquer atividade que tenha ligação com FIA. Esse aí foi também punido devido sua cumplicidade no ocorrido. "Determinando que tais instruções devam ser efetivas por um período de cinco anos, o Conselho Mundial de Automobilismo leva em consideração: (i) Mr. Symonds admitir ter participado da conspiração; e (ii) sua declaração no encontro do Conselho Mundial de Automobilismo, de que era seu “eterno pesar e vergonha” ter participado da conspiração”,completou a entidade.

Nelsinho Piquet, bom esse daí não levou nenhuma punição, advertência, multa...nada mesmo, a FIA prometeu imunidade caso ele contasse diante do júri toda a verdade, assim como Alonso, já que o espanhol afirmou que não sabia da "farsa".

Renault, a equipe sofreu um "puxão de orelha" do Conselho Mundial ficando sob investigação durante dois anos, caso ela volte a cometer um deslize desse tipo, será expulsa da categoria . " Na primeira oportunidade possível, [A Renault] aceitou que tinha cometido as infrações das quais era acusada e cooperou plenamente com a investigação da FIA. Foi confirmado que o Sr. Briatore e o Sr. Symonds estavam envolvidos na conspiração, bem como assegurado que eles deixaram o time”, declarou a FIA.

“[A Renault] se desculpou à FIA, sem reservas, pelos danos causados ao esporte pelas suas ações”, continuou, acrescentando que todos os custos da investigação ficarão a cargo da montadora francesa, responsável, também, por “contribuições significativas” aos projetos de segurança da entidade. A violação da Renault não só comprometeu a integridade do esporte, mas, também, colocou em risco a vida dos espectadores, oficiais, outros competidores e do próprio Nelson Piquet Jr. O Conselho Mundial de Automobilismo [WMSC] considera que delitos desta gravidade mereçam desqualificação permanente do Campeonato Mundial de F-1 da FIA”.

“Contudo, levando em consideração as questões investigativas acima mencionadas e, em particular, as medidas tomadas pela Renault para identificar e resolver as falhas dentro do seu time, condenando as ações dos indivíduos envolvidos, o WMSC decidiu suspender a desqualificação da Renault F1 até o final da temporada 2011”, acrescentou.

“O Conselho Mundial de Automobilismo só irá ativar esta desqualificação, se a Renault F1 for considerada culpada de um delito comparável durante este tempo”, finalizou a entidade.


Gostaria de saber: o que vocês meus amigos (as) acharam do veredito final?? Particpem!! ☼


BYE-BYE!!!


3 comentários:

  1. Temos que pagar pelos nossos erros.

    ResponderExcluir
  2. Todos deveriam ser punidos por essa lambança,infelizmente um piloto brasileiro fazendo esse papel sujo.

    ResponderExcluir
  3. Concordo, o Nelsinho junto com a Renault mereciam punições.
    ATENCIOSAMENTE
    CLAUDIO HELIANO

    ResponderExcluir

Participe! Deixe aqui seu comentário. Obrigado!

TV MOTOR

TV MOTOR

ULTIMAS VOLTAS GP BRASIL 2006

PODERÁ GOSTAR TAMBÉM

IMAGEM DA SEMANA - HAMILTON CELEBRA TETRACAMPEONATO: "NÃO PARECE REAL"

Lewis Hamilton não precisava de um grande resultado para conquistar o quarto título mundial de Fórmula 1 de sua carreira. Porém, o inglês, que precisava apenas de um quinto lugar para definir o título, viu o Grande Prêmio do México, disputado neste domingo (29) virar um drama após ter um pneu furado e cair para a última posição. Sebastian Vettel, porém, não conseguiu brigar pela vitória, e o piloto da Mercedes conquistou o título com o nono lugar.


Fonte de pesquisa e reprodução: Racingonline


POLÊMICA DA SEMANA - COM CRESCENTE DE RED BULL E MCLAREN, FERRARI CAMINHA PARA "CRISE"

A Ferrari está “caminhando para uma crise” que tradicionalmente é “difícil de sair”.


Essa é a visão do ex-engenheiro da Ferrari, Toni Cuquerella, ao avaliar o recente fracasso de Sebastian Vettel em desafiar o título de 2017.


“A Ferrari foi muito mais competitiva do que nos anos anteriores”, escreveu o ‘El Paris’. “A Ferrari teve um carro melhor do que Mercedes em cinco dos 18 Grandes Prêmios”, acrescentou Cuquerella.


“Foi um bom ano e eles deveriam estar felizes. Mas, como sempre, na Ferrari, duas corridas com resultados ruins significam o início de uma crise.


“E a Mercedes soube se aproveitar muito bem disso”, disse ele.


Cuquerella acredita que o desafio da Ferrari agora é “escapar da crise” por trás disso e sair com um pacote forte desde o começo de 2018.


No entanto, “a Ferrari luta para sair de suas crises”, disse o espanhol. “Enquanto isso, outros como Red Bull e McLaren podem chegar a esse nível no próximo ano.


“Este ano, a equipe mais rápida e o piloto mais rápido ganharam, mas a tendência indica que esse domínio não necessariamente continuará.


“O próximo título pode ser conquistado por uma equipe que não obrigatoriamente tenha o melhor carro”, finalizou.


Fonte de pesquisa e reprodução: f1mania.com.br

VÍDEOS INTERESSANTES, EDIÇÃO Nº 25 - FABRICAÇÃO DE UM F-1

GP COMPLETO

GP COMPLETO

GP MALÁSIA 2004

O nosso quadro GP Completo, edição nº 7 traz o GP da Malásia de 2004 (segunda prova da temporada), já que estamos em um final de semana de corrida de F-1 (GP Malásia) e não por acaso, que escolhi a Malásia para esta edição.Um grid cheio com bastante carros e pilotos, interessante dizer que em 2004 tínhamos três pilotos brasileiros : Barrichello (Ferrari), Cristiano da Matta (Toyota), Felipe Massa (Sauber).

CINEMA NO BLOG

CINEMA NO BLOG

EM CARTAZ

EM CARTAZ

ECURRALADO

CARINHA DO BLOG (TRISTE)

CARINHA DO BLOG (TRISTE)

O número 13 parece não dá sorte mesmo, pois bem, foi o que aconteceu com o Oreca nº 13 da Rebellion Racing, pilotado por Nelsinho Piquet, Mathias Beche e David Heinemeier-Hansson, eles tinham conquistado o segundo lugar da classe LMP2 e o terceiro posto geral.


Mas a equipe teve que fazer um reparo no motor de arranque e por isso abriram um buraco no carro ao qual danificou uma das homologações, ferindo assim o regulamento. E daí a punição. lamentável!!!

DEDICATÓRIAS

DEDICATÓRIAS
Poster autografado (por Nelson Piquet) para o blogueiro Claudio Heliano

'

'
Poster autografado (por Nigel Mansell) par ao blogueiro Claudio Heliano

'

'
Autografada por Luiz Razia