quinta-feira, 24 de setembro de 2009

A SENTENÇA

É muito bom poder estar de volta.

Turma, no dia 21 de Setembro, na segunda-feira, estava marcado para acontecer o julgamento no Tribunal Mundial de Esportes a Motor, do caso Nelsinho. Onde tudo começou a partir do momento que ele foi dispensado da equipe. Em seu Twitter ele expôs o que pensava a respeito do Briatore, que lhe pressionava em busca de obter melhores resultados e até chamou o italiano de "carrasco". Bom se vocês quiserem saber com mais detalhes da Mini-Série Nelsinho é só buscar aqui mesmo neste blog em edições anteriores.

Todo o mundo esportivo estava na espera da sentença e ela saiu, vamos a ela:

Flavio Briatore foi banido da F-1 e de toda e qualquer vínculo que tenha com a categoria e a FIA. incluindo aí empresas e pilotos. Atualmente Briatore é empresário, quer dizer, não é mais, de Nelsinho Piquet, Romain Grosjean (atualmente na Renault), Fernando Alonso ( Renault), Mark Webber (RBR), Heikki Kovalainen (McLaren). E o que agravou mais a situação do ex-chefe da Renault foi sua negação diante de todas as evidências "Determinando que tais instruções devam ser aplicadas por um período ilimitado, o Conselho Mundial de Automobilismo leva em consideração não só a gravidade da infração na qual o Sr. Briatore foi cúmplice, mas também as suas ações em continuar negando participação no caso, a despeito de todas as evidências", setenciou a FIA.

Pat Symonds, chefe projetista da Renault está suspenso da categoria por cinco anos e de toda e qualquer atividade que tenha ligação com FIA. Esse aí foi também punido devido sua cumplicidade no ocorrido. "Determinando que tais instruções devam ser efetivas por um período de cinco anos, o Conselho Mundial de Automobilismo leva em consideração: (i) Mr. Symonds admitir ter participado da conspiração; e (ii) sua declaração no encontro do Conselho Mundial de Automobilismo, de que era seu “eterno pesar e vergonha” ter participado da conspiração”,completou a entidade.

Nelsinho Piquet, bom esse daí não levou nenhuma punição, advertência, multa...nada mesmo, a FIA prometeu imunidade caso ele contasse diante do júri toda a verdade, assim como Alonso, já que o espanhol afirmou que não sabia da "farsa".

Renault, a equipe sofreu um "puxão de orelha" do Conselho Mundial ficando sob investigação durante dois anos, caso ela volte a cometer um deslize desse tipo, será expulsa da categoria . " Na primeira oportunidade possível, [A Renault] aceitou que tinha cometido as infrações das quais era acusada e cooperou plenamente com a investigação da FIA. Foi confirmado que o Sr. Briatore e o Sr. Symonds estavam envolvidos na conspiração, bem como assegurado que eles deixaram o time”, declarou a FIA.

“[A Renault] se desculpou à FIA, sem reservas, pelos danos causados ao esporte pelas suas ações”, continuou, acrescentando que todos os custos da investigação ficarão a cargo da montadora francesa, responsável, também, por “contribuições significativas” aos projetos de segurança da entidade. A violação da Renault não só comprometeu a integridade do esporte, mas, também, colocou em risco a vida dos espectadores, oficiais, outros competidores e do próprio Nelson Piquet Jr. O Conselho Mundial de Automobilismo [WMSC] considera que delitos desta gravidade mereçam desqualificação permanente do Campeonato Mundial de F-1 da FIA”.

“Contudo, levando em consideração as questões investigativas acima mencionadas e, em particular, as medidas tomadas pela Renault para identificar e resolver as falhas dentro do seu time, condenando as ações dos indivíduos envolvidos, o WMSC decidiu suspender a desqualificação da Renault F1 até o final da temporada 2011”, acrescentou.

“O Conselho Mundial de Automobilismo só irá ativar esta desqualificação, se a Renault F1 for considerada culpada de um delito comparável durante este tempo”, finalizou a entidade.


Gostaria de saber: o que vocês meus amigos (as) acharam do veredito final?? Particpem!! ☼


BYE-BYE!!!


3 comentários:

  1. Temos que pagar pelos nossos erros.

    ResponderExcluir
  2. Todos deveriam ser punidos por essa lambança,infelizmente um piloto brasileiro fazendo esse papel sujo.

    ResponderExcluir
  3. Concordo, o Nelsinho junto com a Renault mereciam punições.
    ATENCIOSAMENTE
    CLAUDIO HELIANO

    ResponderExcluir

Participe! Deixe aqui seu comentário. Obrigado!

TV MOTOR

TV MOTOR

ESPECIAL FAMÍLIA PIQUET - EPISÓDIO 3 - MOTORSPORT.COM BRASIL

PODERÁ GOSTAR TAMBÉM

IMAGEM DA SEMANA - PEDRO PIQUET VIBRA COM PRIMEIRA VITÓRIA NA GP3

IMAGEM DA SEMANA - PEDRO PIQUET VIBRA COM PRIMEIRA VITÓRIA NA GP3
Julho 2018

Pedro Piquet celebrou sua primeira vitória na GP3, obtida na segunda corrida da quarta etapa do campeonato, disputada no circuito de Silverstone no último domingo (8). O piloto liderou um pódio dominado pela equipe Trident após superar o francês Giuliano Alesi na largada e pontear todas as 15 voltas da corrida disputada no interior da Inglaterra. O resultado ainda colocou o brasileiro no top-5 do campeonato, objetivo traçado antes da rodada dupla.


Fonte de pesquisa e reprodução: racingonline


POLÊMICA DA SEMANA - PILOTO DA F-2 É SUSPENSO APÓS "DIA DE FÚRIA" EM SILVERSTONE

POLÊMICA DA SEMANA - PILOTO DA F-2 É SUSPENSO APÓS "DIA DE FÚRIA" EM SILVERSTONE
Julho 2018

Santino Ferrucci, piloto protegido da Haas, recebe gancho de quatro provas após bater no parceiro de equipe e guiar pelo paddock segurando um celular


Piloto júnior da Haas na F1, Santino Ferrucci recebeu quatro corridas de suspensão da F2 após colidir com seu companheiro de equipe Arjun Maini ao fim da etapa de domingo, em Silverstone.


Ferrucci bateu na traseira de seu colega de Trident na volta de retorno aos boxes após a bandeirada.


Pelo incidente, ele recebeu uma multa de 60 mil euros e foi banido das próximas duas rodadas, em Hungaroring e Spa.


Além disso, o americano foi visto guiando sem uma luva entre os paddocks da F2 e F1, o que não é permitido. Nesta mão, ele foi visto segurando um telefone, e, por essas duas infrações, ele recebeu uma multa de 6 mil euros.


Ferrucci também foi visto forçando Maini, que também é protegido da Haas, para fora da pista na curva 4 na prova de domingo, sendo desclassificado da corrida.


A dupla também havia batido na corrida de sábado, sendo que Ferrucci recebeu uma punição por ter forçado Maini para fora da pista.


Gunther Steiner, chefe da equipe Haas na F1, confirmou que investigaria o incidente envolvendo seu pupilo.


“Estou ciente do incidente. Eu o vi na TV quando a corrida estava sendo mostrada. Não percebi, não ouvi o áudio, mas eu estava ciente de que havia problemas”, comentou.


“Eu disse que não vou lidar com isso hoje. Vou lidar durante a semana, então terei mais informações. Estou ciente de que algo aconteceu, mas, no momento, não tenho informações suficientes para comentar.


” Em sua conta no Twitter, a equipe Trident expressou apoio a Maini, acusando Ferrucci de “falta de espírito esportivo e, acima de tudo, com um comportamento não civilizado” por parte do piloto e de seu pai. Além disso, o time também disse que seus advogados lidarão com as implicações contratuais do ocorrido.


Fonte de pesquisa e reprodução: motorsport.com


GP COMPLETO

GP COMPLETO

VÍDEOS INTERESSANTES, EDIÇÃO Nº 26 - ENTREVISTA COM FELIPE MASSA, NA "MURETA COM RUBITO"

GP INGLATERRA 2005

CINEMA NO BLOG

CINEMA NO BLOG

EM CARTAZ

EM CARTAZ

SALVEM-SE QUEM PUDER - RALLY DA JUVENTUDE

BLOG NA TV - APAIXONADO POR F-1

BLOG NA TV - APAIXONADO POR F-1
GP Road America, F-Indy 2018

PROMOÇÕES/ CONCURSOS/ DINÂMICAS

SÉRGIO JIMENEZ - PILOTO STOCK CAR, VAI SORTEAR UM PAR DE ÓCULOS PARA OS FÃS QUE O ESCOLHEREM NO HER

SÉRGIO JIMENEZ - PILOTO STOCK CAR, VAI SORTEAR UM PAR DE ÓCULOS PARA OS FÃS QUE O ESCOLHEREM NO HER
Clique na imagem e saiba como participar.

MUNDIAL PILOTOS F1 2018

MUNDIAL  PILOTOS F1 2018

CLASSIFICAÇÃO APÓS GP INGLATERRA


1º Vettel, 171






2º Hamilton, 163





3º Raikkonen, 116



4º Ricciardo, 106



5º Bottas, 104
6º Verstappen, 104





7º Hulkenberg, 42





8ºAlonso, 40



9° Magnussen, 39



10º Sainz, 28



11º Ocon, 25





12º Perez, 24





13° Gasly, 18





14º Leclerc, 13





15º Grosjean, 12




16º Vandoorne, 8






17º Stroll, 4







18º Ericsson, 3





19º Brendon, 1



20º Sirotkin, 0






MUNDIAL CONSTRUTORES F1 2018

MUNDIAL CONSTRUTORES F1 2018
Classificação após GP Inglaterra



1º Ferrari: 287 pontos





2º Mercedes: 267





3º Red Bull- Tag Heuer: 199

















4º Renault: 70




5º Hass-Ferrari: 51





6º Force India-Mercedes: 49







7º McLaren-Renault : 48













8º Scuderia Toro Rosso-Honda: 19




9º Sauber-Ferrari: 16











10° Williams-Mercedes: 4