segunda-feira, 22 de junho de 2009

FÓRMULA TRUCK

Nesta super empolgante e desafiadora categoria Felipe Giaffone com seu caminhão VW da equipe RM Competições venceu de ponta a ponta a terceira etapa da temporada 2009 que foi disputada em Pernambuco na cidade de Caruaru. Mesmo estando machucado, pois na quarta-feira que antecede a prova, no domingo, quando brincava com seu filho foi acometido de fortes dores lombares inclusive tendo que se deslocar ao hospital em cadeiras de rodas.

Após a prova ao o sair do caminhão era visível sua dificuldade em caminhar, mas mesmo assim encontrou forças e determinação para suportar toda a pressão que um piloto sofre numa disputa automobilística com 50 minutos de duração.


O piloto da casa o pernambucano Beto Monteiro que ocupava a quarta colocação e com pódio garantido (na Truck o pódio é composto de cinco lugares) teve problemas de super aquecimento em seu caminhão Iveco quando faltavam duas voltas para o encerramento da prova. “É muito triste a gente lutar tanto e ter que abandonar no final”, lamentou Beto Monteiro.

Confesso que estou gostando de acompanhar a categoria que cada vez mais se torna mais interessante, é muito bom poder observar o comportamento dessas supermáquinas onde pilotos as domam com muita naturalidade que até esquecem que ali não são karts e nem carros fórmulas e sim monstrengos de 4 toneladas. As disputas por posições “ na pista” são de tirar o chapéu.Assistam e comprovem.

STOCK CAR

Rio Grande do Sul foi o palco que sediou a quarta etapa da mais completa prova de carros turismo no Brasil. No circuito que leva o nome da cidade St. Cruz do Sul, Cacá Bueno da equipe RBR/A. Matheis é rei pelas bandas de lá, das quatro edições é o único piloto a vencer por três vezes (2006, 2007 e 2008) esse paulistano de 32 anos de idade filho do comentarista esportivo da Rede Globo Galvão Bueno marcou a pole position e que lhe rendeu mais três pontinhos no campeonato. Na Stock o pole leva três pontos , o segundo dois e o terceiro um.

Após o sinal verde Cacá manteve-se na liderança tranquilamente e tudo levava a crer que iria faturar mais uma vitória (o mesmo já tem 19) e obter sua primeira vitória desta temporada. Mas uma incidente no pit stop lhe rendeu segundos preciosos o que lhe tirou as chances de vitória.

O vencedor da terceira etapa foi o estreante Max Wilson da equipe RC que apesar de estrear este ano na categoria já teve passagens por outras categorias, inclusive f-1 como piloto de testes da Williams na década de 90. “Não conhecia a pista e na sexta-feira perdi parte do primeiro treino livre por causa de um problema na bomba da direção hidráulica. Mas estou muito feliz. Sempre tive muita confiança na equipe e agradeço porque eles, da mesma forma, acreditaram em mim. O resultado é a soma de todo esse trabalho - diz Max Wilson.

Cacá garantiu o segundo lugar após alguns carros que estavam a sua frente terem se envolvido em acidentes. “O que faltou de sorte nos pits eu acabei tendo depois, com os abandonos do Ricardinho (Maurício) e do (Thiago) Camilo, e também o enrosco do Daniel (Serra) com o Átila (Abreu), que colocou o (Antonio) Pizzonia, que não tinha um ritmo tão forte quanto os dois, atrás de mim. No fim das contas, contando a pole, somei 23 pontos nesse fim de semana, só dois a menos que o Max, que venceu. Portanto não posso considerar nosso resultado de hoje ruim. Mas tínhamos carro para vencer, em condições normais – afirmou.


CAMPEONATO F-1

É verdade! Quando é que voltaremos a ter um brasileiro vencendo na atual f-1?

Barrica só promete, promete e nada. Felipe até que está melhorando e muito, já superou o Kimi mais uma vez. Mas o brasileiro da Ferrari não conta, não tem carro para lutar pela vitória em condições normais de corrida.O Piquet está numa corda bamba daquelas, ontem por adotar a estratégia de parar apenas uma vez conseguir terminar a prova em 12º e pela primeira vez nesta temporada terminou a frente do Alonso que ocupou a rídicula 14º posição.


]Em anos anteriores tivemos que aturar o alemão Schumacher vencendo inúmeras provas e agora estou vendo nascer outra estrela alemã, Sebastian Vettel que realizou uma prova impecavel nas 60 voltas do GP da Inglaterra.Como foi que ele conseguiu abrir impressionantes 17,7 segundos de vantagem para o segundo colocado da Brawn Gp Rubens Barrichello?



O pacote de mudanças que a RBR trouxe para a Inglaterra (asa dianteira, escapamento entre outros) foi muito bem aceito pelo chassis do carro.O Mark Webber fez um ótimo trabalho, superando o Barrica na parada de box, e era visível que o australiano era mais veloz que o brasileiro, só era uma questão de tempo.Felipe Massa foi muito bem largando da 11º colocação fez ótima largada ganhando três posições o que lhe possibilitou andar num ritmo forte e que lhe garantiu uma ótima quarta colocação.

Um ponto negativo e que chamou a minha atenção foi a direção de prova não ter dado a entrada do Safety Car para a limpeza da pista devido aos destroços dos carros de Kovalainen (McLaren) e de Bourdais (STR) que se tocaram na volta de número 40.



O pódio foi finalizado com Vettel (RBR) em 1º, Webber (RBR) em 2º e Barrichello (Brawn) em 3º.

CLAUDIOF1 NOTÍCIAS


O Governo do Estado, Prefeitura junto com os organizadores da Stock Car – categoria nacional de carros turismo assinou no dia 09/06/2009 um contrato válidos por cinco anos para Salvador sediar uma etapa da Stock Car. Será a primeira vez que essa categoria correrá em circuito de rua e também na Bahia. A escolha do tipo de circuito é devido Salvador ainda não possuir autódromo.E o Centro Administrativo da Bahia (CAB) será o local escolhido para que as máquinas entrem na pista.

O circuito contará com 2.800 metros e a prova terá duração de 50 minutos. O sentido da pista será ao contrário daquele que os carros e ônibus normalmente percorrem essa medida é adotada para não incentivar motoristas mais empolgados a disputar rachas. Algumas exigências terão que ser compridas para a realização do evento no dia 09 de agosto, como o recapeamento da área asfaltica no CAB, nivelamento da pista onde serão instalados os boxes criação de defensas de concreto entre outras. As arquibancadas serão limitadas em 60 mil pessoas.

Bom São João a todos e até a próxima!

3 comentários:

  1. Vanderio Pinheiro8 de agosto de 2009 10:54

    Claudio, voce esta de PARABENS, continue se esforcando em busca dos seus objetivos, UM FORTE ABRACO E BOA SORTE.

    ResponderExcluir
  2. Claudiof1,espero que depois da stock-car ter se relizado aqui em salvadorós orgãos competentes,planeje um autodromo de ponta para podermos receber mais competições nacionais e quem sabe internacionais,valeuuuu.

    ResponderExcluir
  3. O pensamento é esse mesmo Ribeira.Estamos sim precisando de um autódromo e logo.Outros estados do Nordeste já possuem, não podemos ficar sempre no final do grid.
    Um abraço e continue participando.
    Atenciosamente
    Claudio Heliano

    ResponderExcluir

Participe! Deixe aqui seu comentário. Obrigado!

TV MOTOR

TV MOTOR

ULTIMAS VOLTAS GP BRASIL 2006

PODERÁ GOSTAR TAMBÉM

IMAGEM DA SEMANA - INCÊNDIO NA CALIFÓRNIA AMEAÇA AUTÓDROMO DE SONOMA, MAS PRESIDENTE GARANTE QUE..

Um incêndio na região de Santa Rosa, na Califórnia, chegou nos arredores do circuito de Sonoma. O presidente da pista, no entanto, garante que não há risco de danos na estrutura do palco das decisões da Indy.


A pista de Sonoma amanheceu ameaçada por um incêndio florestal que vem se alastrando pela região. Com foco nas proximidades da cidade californiana de Santa Rosa - aproximadamente 50 km distante do circuito -, o incêndio chegou até os arredores da pista, invadindo o terreno do palco da decisão das temporadas da Indy.


Apesar disso, o presidente do circuito garante que não há risco de danos nas estruturas e afirmou que as equipes da pista estão trabalhando ao lado das autoridades públicas para o controle das chamas.


Fonte de pesquisa e reprodução: grandepremio.uol.com.br

POLÊMICA DA SEMANA - NÃO FAZ O MENOR SENTIDO FELIPE MASSA FORA DA WILLIAMS EM 2018

Uma hipotética saída de Felipe Massa da Williams significa jogar por terra o programa de desenvolvimento iniciado em 2017.


Por: Américo Teixeira Junior


Caso a lógica impere, qualquer discussão sobre o teammate de Lance Stroll em 2018 é inócua, pois não faz o menos sentido remover Felipe Massa da posição. Salvo uma imposição contundente do poder econômico, a evolução da Williams e do piloto canadense passam necessariamente pelas mãos do brasileiro vice-campeão mundial.


O fato de a equipe ter se reestruturado e investido em pessoal qualificado, revela estar em franco desenvolvimento um projeto para a equipe fundada por Frank Williams voltar a figurar entre as protagonistas da Fórmula 1, mesmo estando vulnerável à necessidade de recursos.


A presença de Stroll reflete essa vulnerabilidade, mas nem por isso deixou de ser uma aposta no futuro, pois é visível a evolução do piloto, que inegavelmente se destacou nas categorias de base. Sim, pois há um limite para o poder do dinheiro no automobilismo. Vagas, compram-se, mas moeda alguma se converte em qualidade e resultados.


Felipe Massa faz parte dessa engrenagem dentro das pistas, mas principalmente fora delas. Referência técnica e desportiva, é indispensável uma bagagem como a dele na hora de discutir procedimentos e soluções. Já Stroll está incapacitado de fazê-lo por estar ainda, por assim dizer, tentando descobrir para que lado vira a coisa.


É fato que o pai do canadense é sócio da Williams, dono de uma quantidade não revelada de ações. Estima-se que teria comprado 30% das ações pertencentes a Frank Williams. Independentemente de esse número ser correto, a verdade é que sua palavra tem peso, sendo lícito supor que advogue pela manutenção de um formato que tende a evoluir se a Williams for capaz de entregar um carro promissor em 2018.


Não se pode desconsiderar que os “Irma” da vida também sacodem a Fórmula 1 de tempos em tempos, mas em tempos de, quando muito, “tempestades tropicais”, Felipe Massa fica onde está.


Fonte de pesquisa e reprodução: diariomotorsport

VÍDEOS INTERESSANTES, EDIÇÃO Nº 25 - FABRICAÇÃO DE UM F-1

GP COMPLETO

GP COMPLETO

GP MALÁSIA 2004

O nosso quadro GP Completo, edição nº 7 traz o GP da Malásia de 2004 (segunda prova da temporada), já que estamos em um final de semana de corrida de F-1 (GP Malásia) e não por acaso, que escolhi a Malásia para esta edição.Um grid cheio com bastante carros e pilotos, interessante dizer que em 2004 tínhamos três pilotos brasileiros : Barrichello (Ferrari), Cristiano da Matta (Toyota), Felipe Massa (Sauber).

CINEMA NO BLOG

CINEMA NO BLOG

EM CARTAZ

EM CARTAZ

ECURRALADO

CARINHA DO BLOG (TRISTE)

CARINHA DO BLOG (TRISTE)

O número 13 parece não dá sorte mesmo, pois bem, foi o que aconteceu com o Oreca nº 13 da Rebellion Racing, pilotado por Nelsinho Piquet, Mathias Beche e David Heinemeier-Hansson, eles tinham conquistado o segundo lugar da classe LMP2 e o terceiro posto geral.


Mas a equipe teve que fazer um reparo no motor de arranque e por isso abriram um buraco no carro ao qual danificou uma das homologações, ferindo assim o regulamento. E daí a punição. lamentável!!!

DEDICATÓRIAS

DEDICATÓRIAS
Poster autografado (por Nelson Piquet) para o blogueiro Claudio Heliano

'

'
Poster autografado (por Nigel Mansell) par ao blogueiro Claudio Heliano

'

'
Autografada por Luiz Razia