domingo, 24 de maio de 2009

GP DO BAHREIN DE F-1


Olá blogueiros e blogueiras!


A 4º Etapa do Mundial foi disputada no desafiador circuito do Sakhir no Bahrein. Esse autódromo foi construído em 2004 e foi o primeiro GP disputado no Oriente Médio e para ser construído custou a pequenina fortuna de U$$ 150 milhões.A edição de 2009 foi festejada em peso pela nação inglesa com mais uma vitória (a terceira) deste ano com J.Button que mesmo largando da 2º fila – quarta posição - soube levar seu bólido ao lugar mais alto do pódio.Para um piloto que viveu 2008 desacreditado e esquecido, tomando tempo direto de seu companheiro de equipe( o mesmo deste ano) sua situação ficou realmente complicada.Ainda mais se pensarmos que com a chegada do furacão Hamilton em 2007 sua popularidade caiu drasticamente, isto sem contar que o campeão de 2008 foi a revelação de 2007.Com um ótimo carro nas mãos está sabendo dar a volta por cima (são 3 vitórias, 2 poles e um terceiro lugar).Em 2008 sua melhor colocação foi um 6º lugar na Espanha. Assim vai mostrando para todos que acreditam ou não em seu talento que pode sim ser campeão do mundo.

Na Brawn GP não existe (ainda) o primeiro e segundo piloto, cada um trabalha para vencer suas próprias barreiras e ir se firmando para quando chegar o momento propício ter toda a atenção e condição da equipe na busca do título. O Barrica (apelido do Rubinho) precisa ser mais esforçado em cumprir essas lições se realmente que se refazer com a torcida brasileira que tanto tira sarro com suas atuações.Vejam este pequeno comparativo entre os pilotos da Brawn até a quarta etapa:RUBINHO: 2º(Austrália), 5º (Malásia), 4º (China) e 5º (Bahrein). BUTTON: 1º (Austrália), 1º (Malásia), 3º (China) e 1º (Bahrein). Somando-se os pontos Barrica está com 17 e Button com 31.Ser o brasileiro que ter o “status” de primeiro piloto terá que virar o jogo urgentemente.

A McLaren gradualmente vem melhorando sua performance possui um Kers eficiente e andou com novas asas dianteiras que deram um bom rendimento ao Hamilton permitindo que ele andasse no ritmo da RBR e Toyota. Seu bom desempenho durante toda a prova lhe rendeu uma ótima quinta colocação.Fiquei contente e surpreso ao mesmo tempo em ver que a Force Índia vem melhorando sua performance apesar das limitações técnicas e orçamentárias.O Sutil finalizou em 12º e o Fisichella em 15º).Valendo lembrar que elas andaram sem dificuldade alguma durante boa parte da prova em 10º e 12º lugares.

Outro que andou direitinho foi o Piquet, largando de 15º, ganhou umas três posições na largada, teve um ritmo forte dentro das limitações da sua Renault, chegou mesmo a ocupar a 7º colocação. Deixou Barrichello bastante chateado ao defender por cinco voltas a 9º colocação.O Piquet mostrou reação ao estar sendo pressionado para atingir melhores resultados.O brasileiro cruzou a linha de chegada na décima colocação.Um recadinho para o filho do peixe: se posicione mais a frente no grid de largada e com certeza chegará mais vezes na zona de pontos.

Kimi Raikkonen conseguiu os primeiros pontos da equipe neste ano ao cruzar a linha de chegada na 6º colocação. Felipe se envolveu em acidente na largada teve que ir aos boxes após a primeira volta o que comprometeu sua corrida. O brasileiro teve que amargar um 14º posto ao final das 57 voltas. O pódio terminou com Button (1º), Vettel (2º) e Trulli (3º). Após quatro etapas o inglês Button mantem-se na liderança do campeonato (31 Pts.), Barrichello é o vice líder (17 Pts.) e Vettel da RBR (18 Pts.)

CAMPEONATO BAIANO DE KART

Lauro de Freitas(BA) sediou mais uma vez a 2º etapa do campeonato Baiano de Kart (26/04/09) que aconteceu no Kartodromo Ayrton Senna. O público sempre fiel compareceu em peso para vê de pertinho as grandes e pequenas ferinhas do automobilismo baiano.Parabéns ao Vinicius Fiamenghi da categoria Cadete pelo terceiro lugar e a Adrielli Sabarin (única representante feminina) pela vitória na categoria Ligth 125cc.Só queria deixar um recadinho aos organizadores do evento: Ativem a segunda arquibancada do kartodromo. E façam uma parceria com alguma boutique para vender artigos que retratem o automobilismo baiano, nacional e internacional (será que pedi muito?).

FÓRMULA TRUCK


Na F-Truck a 3º etapa foi disputada no circuito de Eusébio no Ceará com maravilhosos pegas, arquibancadas lotadas num evento super bonito, onde levou o público ao delírio a cada ultrapassagem ou saída de pista. Para meus amigos leitores terem uma idéia esses caminhões são preparados e oferecem segurança total ao piloto o motor gera em torno de 1000cv de potência que empurra quatro toneladas. Em toda etapa três caminhões oferecem ao público um show de manobras sincronizadas,inclusive o zerinho é uma atração a parte pois em determinado momento os condutores saem do veículo e eles continuam girando!

A Rede Bandeirantes de Televisão está de parabéns pelas transmissões e o Téo José contribui demais para que este sucesso esteja acontecendo, narrando as provas da categoria. Na década de 90 pude acompanhá-lo nos trabalhos de transmissões da antiga F-Cart no SBT e sempre soube levar mais emoções nas coberturas. Geraldo Piquet (filho mais velho do Nelson Piquet) foi a bola da vez no circuito de Eusébio, CE. Largou em primeiro e soube domar sua Mercedes da equipe ABF Competições nos 3000 metros do circuito. A representante feminina Débora Rodrigues da equipe RM Competições nem sequer completou a primeira volta, seu caminhão Volkswagen apresentou problemas elétricos e a mesma teve de abandonar com olhos cheio de lágrimas . Os cinco primeiros colocados foram: G.Piquet, W.Cirino, Valmir Benavides, Felipe Giaffone e Fabiano Brito.

NOTÍCIAS AUTOMOBÍLISTICAS

## O brasileiro Rubens Barrichello da Brawn GP afirma está de olho no comportamento da equipe após ter sido prejudicado pela tática de três paradas nos boxes, enquanto seu companheiro de equipe o inglês J.Button ter feito apenas duas no GP da Espanha que ocorreu no dia 10/05/09 (agindo assim a equipe beneficiou o inglês que chegou a mais uma vitória). Os dois pilotos tinham combinado de parar três vezes. Button largara da pole e Rubinho em terceiro, no sinal verde o brasileiro assume a ponta deixando Button em segundo e não conseguindo reassumir sua posição de largada achou por bem mudar os planos e surpreender Barrichello na estratégia. Button chegou em primeiro e Barrica em segundo.

## Segundo o jornal inglês “Dayli Star”. O chefe da Ferrari Stefano Domenicali teria pedido a demissão do finlandês Kimi Raikkonen ao presidente da Ferrari Luca de Montezemolo após o GP da Espanha, em Barcelona. A última vitória do Kimi foi justamente no GP da Espanha de 2008.A rede britânica “BBC” afirma que o finlandês será demitido após o GP da Itália, quando a Ferrari anunciará seu novo patrocinador, o Banco Santander e Fernando Alonso seria um fortíssimo candidato a vaga, no caso, do Raikkonen.

## Antonio Pizzonia que participa do campeonato nacional da Stock Car. teve que ser retirado com urgência do seu Peugeot após um esgotamento físico ao conduzir seu veículo nas últimas voltas sem a assistência da direção hidráulica. Muito debilitado e sem conseguir falar o piloto passou cerca de 30 minutos no ambulatório do autódromo após o encerramento da prova na etapa de St. Cruz do Sul, RS. Mesmo nestas condições o piloto amazonense cruzou a linha de chegada na 4º colocação.

Obrigado pela companhia e até a próxima.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe! Deixe aqui seu comentário. Obrigado!

TV MOTOR

TV MOTOR

ULTIMAS VOLTAS GP BRASIL 2006

PODERÁ GOSTAR TAMBÉM

IMAGEM DA SEMANA - HAMILTON CELEBRA TETRACAMPEONATO: "NÃO PARECE REAL"

Lewis Hamilton não precisava de um grande resultado para conquistar o quarto título mundial de Fórmula 1 de sua carreira. Porém, o inglês, que precisava apenas de um quinto lugar para definir o título, viu o Grande Prêmio do México, disputado neste domingo (29) virar um drama após ter um pneu furado e cair para a última posição. Sebastian Vettel, porém, não conseguiu brigar pela vitória, e o piloto da Mercedes conquistou o título com o nono lugar.


Fonte de pesquisa e reprodução: Racingonline


POLÊMICA DA SEMANA - COM CRESCENTE DE RED BULL E MCLAREN, FERRARI CAMINHA PARA "CRISE"

A Ferrari está “caminhando para uma crise” que tradicionalmente é “difícil de sair”.


Essa é a visão do ex-engenheiro da Ferrari, Toni Cuquerella, ao avaliar o recente fracasso de Sebastian Vettel em desafiar o título de 2017.


“A Ferrari foi muito mais competitiva do que nos anos anteriores”, escreveu o ‘El Paris’. “A Ferrari teve um carro melhor do que Mercedes em cinco dos 18 Grandes Prêmios”, acrescentou Cuquerella.


“Foi um bom ano e eles deveriam estar felizes. Mas, como sempre, na Ferrari, duas corridas com resultados ruins significam o início de uma crise.


“E a Mercedes soube se aproveitar muito bem disso”, disse ele.


Cuquerella acredita que o desafio da Ferrari agora é “escapar da crise” por trás disso e sair com um pacote forte desde o começo de 2018.


No entanto, “a Ferrari luta para sair de suas crises”, disse o espanhol. “Enquanto isso, outros como Red Bull e McLaren podem chegar a esse nível no próximo ano.


“Este ano, a equipe mais rápida e o piloto mais rápido ganharam, mas a tendência indica que esse domínio não necessariamente continuará.


“O próximo título pode ser conquistado por uma equipe que não obrigatoriamente tenha o melhor carro”, finalizou.


Fonte de pesquisa e reprodução: f1mania.com.br

VÍDEOS INTERESSANTES, EDIÇÃO Nº 25 - FABRICAÇÃO DE UM F-1

GP COMPLETO

GP COMPLETO

GP MALÁSIA 2004

O nosso quadro GP Completo, edição nº 7 traz o GP da Malásia de 2004 (segunda prova da temporada), já que estamos em um final de semana de corrida de F-1 (GP Malásia) e não por acaso, que escolhi a Malásia para esta edição.Um grid cheio com bastante carros e pilotos, interessante dizer que em 2004 tínhamos três pilotos brasileiros : Barrichello (Ferrari), Cristiano da Matta (Toyota), Felipe Massa (Sauber).

CINEMA NO BLOG

CINEMA NO BLOG

EM CARTAZ

EM CARTAZ

ECURRALADO

CARINHA DO BLOG (TRISTE)

CARINHA DO BLOG (TRISTE)

O número 13 parece não dá sorte mesmo, pois bem, foi o que aconteceu com o Oreca nº 13 da Rebellion Racing, pilotado por Nelsinho Piquet, Mathias Beche e David Heinemeier-Hansson, eles tinham conquistado o segundo lugar da classe LMP2 e o terceiro posto geral.


Mas a equipe teve que fazer um reparo no motor de arranque e por isso abriram um buraco no carro ao qual danificou uma das homologações, ferindo assim o regulamento. E daí a punição. lamentável!!!

DEDICATÓRIAS

DEDICATÓRIAS
Poster autografado (por Nelson Piquet) para o blogueiro Claudio Heliano

'

'
Poster autografado (por Nigel Mansell) par ao blogueiro Claudio Heliano

'

'
Autografada por Luiz Razia