domingo, 26 de outubro de 2008

GRANDE PRÊMO DA ITÁLIA


Olá moçada do meu Brasil!

No lendário circuito de Monza (construído em 1922) palco de grandes duelos e infelizes mortes (Gilles Villeneuve, Jochen Rindt, Ronnie Peterson) terra dos Tifosi (fánaticos torcedores da marca de carros Ferrari).Esses torcedores meu amados amigos torcem intensamente pelos carros, para eles piloto são meros condutores que tem como obrigação levar o time de Maranello as desejadas vitórias,observem que em todo GP da Itália a invasão dos torcedores no final da competição é indispensável e comemoram como se estivessem ganhando um campeonato do mundo.


A prova deste ano teve uma grande surpresa, o Alemão Sebastian Vettel da equipe Toro Rosso, que comprou a pequena estrutura pertencente a Minardi no final de 2004 e montou um suporte de qualidade que culminou nessa belíssima vitória.É bom lembrar que esse jovem alemão de apenas 21 anos e dois mesês entrou para as estátisticas da categoria como sendo o piloto mais jovem a obter a pole position como também a vitória.

Sua condução perfeita e segura em todos as 60 voltas em condições nada fáceis, já que Monza é sempre uma pista desafiadora e perigosa ainda mais como estava (molhada) onde lhe renderam inúmeros elogios.Seu chefe de equipe Gerhard Berger o engrandeceu. “ Sebastian provou que pode vencer corridas. Mas ele ainda vai conquistar um campeonato do mundo.Ele é muito bom. É uma sensação inacreditável.Temos sido extremamente sortudo com o apoio da Rede Bull no carro.Estamos construído uma equipe muito boa”.


Hamilton da McLaren-Mercedês foi o piloto mais brilhante na prova.Sua pilotagem super agressiva e com um talento em pista molhada de surpreender, o permitiu chegar numa boa 7º posição ao final da competição. Por vezes não acreditava no que meus olhos contemplavam ele simplesmente colocava no lado e ganhava a posição e quem quiser que se afaste!Alonso, Webber, Glock, Raikkonen, Fisichella foram suas vítimas nas molhadas e desafiantes retas e curvas de Monza.Tem horas que vejo ele pilotando um Kart e não um Fórmula 1, sempre no limite, travando as rodas dianteiras, escorregando nas curvas é um piloto imprevisível onde arrancar suspiro dos torcedores virou rotina.


Felipe Massa dosou seu arrojo e obteve a 6º posição.Como sempre a Ferrari não forneceu a seus pilotos um carro equilibrado em pistas molhadas, com problemas de aquecimento nos pneus não permitiram chegar mais a frente. No ínicio disputou um bom pega com Nico Rosberg da Williams-Toyota que lhe rendeu a 5º colocação.Daí em diante não teve muito o que fazer, poderia até melhorar sua colocação no final da competição mas ao deixar os boxes ápos o primeiro pit-stop pegou um tráfego indesejável que lhe impediu até de disputar o pódio. “Sei que poderia ter ido melhor, mas reconheço que meu desempenho também poderia ser pior.Portanto não há o que lamentar. Agora, só estou a um ponto do meu rival (Hamilton) 78x77 e, por isso, o resultado não foi negativo”.


Nelsinho Piquet o filho do peixe (Nelson Piquet) não passou de um modesto 10º lugar.Há um bom tempo que a Renault adota sempre a mesma tática de parar apenas uma vez, digo isso, em relação ao brasileiro. Nessas condições fica muito difícil para o piloto arriscar uma corrida com mais arrojo, o bólido fica pesado, além de não conseguir tempos de volta sastisfátorios que o possibilitem de chegar mais a frente. Seus resultados ficam mais limitados, aí a torcida é para que os pilotos a frente tenham a estrátegia diferente , torcendo para as possíveis desistências, para quem sabe conseguir chegar na zona de pontos.As vezes dá certo outras vezes não. Alonso seu companheiro de equipe está sempre com táticas de parada similar aos comigo este pequeno comparativo de Alonso e Piquet das últimas seis etapas:


ALONSO – POSIÇÃO DE LARGADA E CHEGADA Inglaterra 6º/6º; Alemanha 5º/11º; Hungria 7º/4º; Europa 12º/Abandonou; Bélgica 6º/4º; Itália 8º/4º.


PIQUET- POSIÇÃO DE LARGADA E CHEGADA Inglaterra 7º/Abandonou; Alemanha 17º/2º; Hungria 10º/6º; Europa 15º/11º; Bélgica 12º/Bateu; Itália 17º/10º.


AGENDE-SE : Dia 19/10/08 em Salvador na região do Dique do Tororó a partir das 10:00 horas ocorrerá mais um evento do automobilistico com varios carros de várias categorias estarão presentes como : f-1, f-truck, kart, rally, stock-car. A festa promete.Não percam!!!


Curiosidades: O trófeu dado aos três primeiros colocados no GP da Europa, no circuito de Valência neste ano chamou a atenção por fugir dos padrões de cor e modelo da f-1 (prateados e geralmente na forma de taça). Os trófeus tinham a forma de vaso (colonial) e na cor branca.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe! Deixe aqui seu comentário. Obrigado!

TV MOTOR

TV MOTOR

ULTIMAS VOLTAS GP BRASIL 2006

PODERÁ GOSTAR TAMBÉM

IMAGEM DA SEMANA - HAMILTON CELEBRA TETRACAMPEONATO: "NÃO PARECE REAL"

Lewis Hamilton não precisava de um grande resultado para conquistar o quarto título mundial de Fórmula 1 de sua carreira. Porém, o inglês, que precisava apenas de um quinto lugar para definir o título, viu o Grande Prêmio do México, disputado neste domingo (29) virar um drama após ter um pneu furado e cair para a última posição. Sebastian Vettel, porém, não conseguiu brigar pela vitória, e o piloto da Mercedes conquistou o título com o nono lugar.


Fonte de pesquisa e reprodução: Racingonline


POLÊMICA DA SEMANA - COM CRESCENTE DE RED BULL E MCLAREN, FERRARI CAMINHA PARA "CRISE"

A Ferrari está “caminhando para uma crise” que tradicionalmente é “difícil de sair”.


Essa é a visão do ex-engenheiro da Ferrari, Toni Cuquerella, ao avaliar o recente fracasso de Sebastian Vettel em desafiar o título de 2017.


“A Ferrari foi muito mais competitiva do que nos anos anteriores”, escreveu o ‘El Paris’. “A Ferrari teve um carro melhor do que Mercedes em cinco dos 18 Grandes Prêmios”, acrescentou Cuquerella.


“Foi um bom ano e eles deveriam estar felizes. Mas, como sempre, na Ferrari, duas corridas com resultados ruins significam o início de uma crise.


“E a Mercedes soube se aproveitar muito bem disso”, disse ele.


Cuquerella acredita que o desafio da Ferrari agora é “escapar da crise” por trás disso e sair com um pacote forte desde o começo de 2018.


No entanto, “a Ferrari luta para sair de suas crises”, disse o espanhol. “Enquanto isso, outros como Red Bull e McLaren podem chegar a esse nível no próximo ano.


“Este ano, a equipe mais rápida e o piloto mais rápido ganharam, mas a tendência indica que esse domínio não necessariamente continuará.


“O próximo título pode ser conquistado por uma equipe que não obrigatoriamente tenha o melhor carro”, finalizou.


Fonte de pesquisa e reprodução: f1mania.com.br

VÍDEOS INTERESSANTES, EDIÇÃO Nº 25 - FABRICAÇÃO DE UM F-1

GP COMPLETO

GP COMPLETO

GP MALÁSIA 2004

O nosso quadro GP Completo, edição nº 7 traz o GP da Malásia de 2004 (segunda prova da temporada), já que estamos em um final de semana de corrida de F-1 (GP Malásia) e não por acaso, que escolhi a Malásia para esta edição.Um grid cheio com bastante carros e pilotos, interessante dizer que em 2004 tínhamos três pilotos brasileiros : Barrichello (Ferrari), Cristiano da Matta (Toyota), Felipe Massa (Sauber).

CINEMA NO BLOG

CINEMA NO BLOG

EM CARTAZ

EM CARTAZ

ECURRALADO

CARINHA DO BLOG (TRISTE)

CARINHA DO BLOG (TRISTE)

O número 13 parece não dá sorte mesmo, pois bem, foi o que aconteceu com o Oreca nº 13 da Rebellion Racing, pilotado por Nelsinho Piquet, Mathias Beche e David Heinemeier-Hansson, eles tinham conquistado o segundo lugar da classe LMP2 e o terceiro posto geral.


Mas a equipe teve que fazer um reparo no motor de arranque e por isso abriram um buraco no carro ao qual danificou uma das homologações, ferindo assim o regulamento. E daí a punição. lamentável!!!

DEDICATÓRIAS

DEDICATÓRIAS
Poster autografado (por Nelson Piquet) para o blogueiro Claudio Heliano

'

'
Poster autografado (por Nigel Mansell) par ao blogueiro Claudio Heliano

'

'
Autografada por Luiz Razia