domingo, 14 de setembro de 2008

BANDEIRAS

As bandeiras no mundo automobilistico tem um significado importantíssimo, são elas que transmitem as mensagens para os pilotos de uma forma clara e objetiva, independente da nacionalidade ou idioma na qual está sendo realizado o evento, pois as mesmas são padronizadas internacionalmente. As bandeiras são divididas em cores: amarela, vermelha, preta, branca, preta e branca, verde,azul, quadriculada, preta com símbolo laranja, amarelo e vermelho listrado.Para que o amigo leitor possa compreende-las, vamos esclarecer cada uma.

Amarela: Perigo na pista, diminua a velocidade. Proibido ultrapassagens num determinado setor ou em todo o circuito.

Vermelha: Prova ou treino interrompidos. Podendo ser temporariamente ou em defenitivo

Preta: Piloto desclassificado. O mesmo terá que se dirigir aos boxes.

Branca: Indicação de última volta ou se tiver com as indicações “SC” significa dizer que tem Safety Car na pista(carro guia ou madrinha).

Preta e branca: Piloto com condução anti-esportiva.

Verde: Pista livre, competição iniciada ou reiniciada

Azul: Se estiver parada significa dizer que algum piloto rápido se aproxima, se for agitada facilitar ultrapassagem. Serve mais para alertar que o piloto está para tomar uma volta dos líderes.

Quadriculada: Final da competição.

Preta com círculo laranja: Piloto com avarias no carro, se estiver representado perigo a outros pilotos terá que ir aos boxes para uma posssível avaliação.

Amarelo e vermelha listrada: Sujeira na pista (oleo, água, areia, pedaços do carro, etc.).

No GP Hungáro que corresponde a 11ª etapa do mundial de F-1 senti uma mistura de alegria e tristeza que há muito tempo não me invadia, confesso para vocês que uma das últimas vezes aconteceu quando Barrichello era da Ferrari. A largada extonteante saindo como saiu decidido, com coragem e muita garra permitiu que ele saisse da terceira posição do grid para a primeira, disputando lala a lado com Hamilton que sairia vitorioso. Daí para frente foi só alegria e não tinha mais para ninguém o Felipe liderou com maestria e sabedoria dignos de um campeão mundial. Mas a três voltas do fim da competição, ou seja, 13.143 metros, o motor de seu bólido “abriu o bico”.Inconsolado despede-se do seu vermelhão (carro) e mesmo de capacete era posssível perceber seus olhos marejados.Esquenta não amigão,sua hora vai chegar e você mais do que nunca vai ser Campeão Mundial. A vitória caiu direitinho no colo do Heikki Kovalainen piloto da McLaren que eufórico desabafou. ” Fiquei muito feliz com a primeira vitória, mesmo sabendo que tive muita sorte para vencer.Massa e Kimi estavam muito rápidos e poderiam ter conseguido um resultado melhor, mas tudo deu certo para mim.Desejava uma vitória há muito tempo pois sempre sonhei ser um piloto de F-1 e lutei muito para isso.Agora espero que esta tenha sido a primeira de muitas”. O outro piloto da McLaren, Hamilton, terminou na 5ª colocação, poderia até ter vencido a corrida, mas um furo no pneu dianteiro esquerdo na 41º volta o fez desistir de brigar por um pódio. Piquet mais uma vez entra na zona de pontos, terminado a prova na 6º colocação.Barrichello após fazer uma boa largada no ínicio da competição saindo de 17º para a 13º colocação e de ter enfrentado problemas durante os pit stops(principio de incêndio) conclui a prova num horrível último lugar(16º).Nakajima da Williams e Bourdais da STR também tiveram problemas com as bombas de combustível da fabricante Technique(única fornecedora).O pódio terminou com: Kovalainen(1º), Timo Glock(2º) e Raikkonen(3º).

ACONTECEU

Helio Castro Neves o “helinho” da equipe Penske venceu pela primeira vez nessa temporada uma etapa da F-Indy.O feito foi na 14º etapa do mundial no GP de Sonoma na California,EUA.Restam agora duas etapas para o fim do campeonato e o brasileiro tem chances reais de trazer o caneco de campeão da categoria.Atualmente é o vice lider com 533 pontos contra 576 do primeiro colocado o Neozelândes Scot Dixon da Ganassi.A pontuação da F-Indy é bastante diferenciada da F-1,vejam só: 1º 50; 2º 40; 3º 35; 4º 32; 5º 30; 6º 28; 7º 26; 8º 24; 9º 22; 10º 20; 11º 19; 12º 18; 13º 17; 14º 16; 15º 15; 16º 14; 17º 13; 18º 12; 19-33º 10 pontos.Ainda se contabiliza três pontos extras para o piloto que liderar o mair número de voltas.

CURIOSIDADES

Raul Boesel piloto brasileiro que disputou algumas provas nas temporadas de 1982 e1983 pelas equipes March e Ligier. Sua melhor colocação foi um sétimo lugar no GP dos EUA em 1983

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe! Deixe aqui seu comentário. Obrigado!

TV MOTOR

TV MOTOR

HELIO CASTRONEVES 20 ANOS DE F-INDY

PODERÁ GOSTAR TAMBÉM

IMAGEM DA SEMANA - APÓS ALTA, BARRICHELLO TEM SURPRESA DOS FILHOS EM CASA

Campeão da Stock Car e duas vezes vice da F1 deixou o hospital depois de ter sofrido princípio de AVC no fim de janeiro


Rubens Barrichello deixou o hospital depois de ter sofrido um problema de saúde na última semana e se deparou com uma surpresa de seus filhos ao chegar em casa.


O piloto, duas vezes vice-campeão da F1 e dono do título de 2014 da Stock Car, foi internado no dia 27 de janeiro depois de sentir dores de cabeça em casa.


Fontes ouvidas pelo Motorsport.com Brasil contaram que Barrichello teve um princípio de AVC (Acidente Vascular Cerebral) e chegou a passar pela UTI (Unidade de Terapia Intensiva).



Rubinho recebeu alta na última quarta-feira (7) e teve uma mensagem de boas-vindas da família em casa.


“Bem-vindo de volta, papai. Esta mensagem estava na garagem. Chorei muito abraçado a eles, na certeza de que nosso medo só nos aproximou, só fortaleceu. Amo muito vocês”, escreveu o piloto, de 45 anos.


Seu pai, Rubão, também se manifestou no Instagram. “Graças a Deus e a todas as orações de vocês, queridos amigos, nosso campeão voltou para casa. Ainda tem uns dias de recuperação, mas está ótimo. Obrigado a todos. Te amo, filho”, postou.


Fonte de pesquisa e reprodução: motorsport.com


POLÊMICA DA SEMANA - PROVAS PIRATAS PREOCUPAM PRESIDENTE DA FEDERAÇÃO PARANANENSE DE AUTOMOBILISMO

Presidente da FPrA publica resolução para esclarecer as necessidades legais para a realização de um evento


As provas piratas são motivos de preocupação para Rubens Gatti, presidente da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA). Provas piratas são competições realizadas sem autorização da entidade, portanto, sem normas técnicas. Tais regras têm a finalidade de garantir as normas desportivas, técnicas e de segurança ao público e a terceiros.


No ano passado, provas não oficiais trouxeram grandes transtornos à FPrA. Pilotos que participaram de competições piratas e que tiveram algum tipo de descontentamento fizeram reclamações direto à Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA), gerando uma situação delicada entre as duas entidades, e obrigando a FPrA a fazer esclarecimentos à CBA.


Gatti explica que um alvará só é expedido pela FPrA quando o promotor do evento cumpre com todos os encargos exigidos. Ele deve ser solicitado 30 dias antes da data prevista para o evento. Os técnicos da entidade estabelecem as condições de segurança, sempre buscando preservar a integridade física de participantes, do público e de terceiros. Estas exigências vão desde o equipamento do participantes a normas de evacuação do local caso venha a ocorrer algum imprevisto.


“Em um evento automobilístico, há diversos itens que começam a ser analisados muito tempo antes da data prevista: condições da praça esportiva, capacidade de público, como as pessoas vão chegar ao local e retornar a seus lares... Em caso de um acidente, quais condições e como será feito o atendimento, quantos profissionais estarão à disposição, quais as condições dos equipamentos? Em caso atendimento médico mais aprimorado, como será feito este atendimento e de que forma a ambulância deixará o local? Para os participantes, as análises vão das normais desportivas (regulamentos) às condições do equipamento, se as condições da prova desportiva oferecem a segurança necessária”, acentua Gatti.


Fonte de pesquisa e reprodução: CBA

VÍDEOS INTERESSANTES, EDIÇÃO Nº 26 - ENTREVISTA COM FELIPE MASSA, NA "MURETA COM RUBITO"

GP COMPLETO

GP COMPLETO

GP INGLATERRA 2005

CINEMA NO BLOG

CINEMA NO BLOG

EM CARTAZ

EM CARTAZ

O CORREDOR FANTASMA

CARINHA DO BLOG 2018 (FELIZ)

CARINHA DO BLOG 2018 (FELIZ)
Valeu Pietro!

Atual campeão da World Series Pietro Fittipaldi,18 anos, neto do bicampeão F-1 e Campeão F-Indy, Emerson Fittipaldi, testou pela primeira vez nas ruas de Marrakesh, no Marrocos, com o carro da Formula E da equipe Panasonic Jaguar Racing. A etapa de Marrakesh contou como a terceira prova da temporada 2017/2018. Pietro ao final dos testes obteve a 2ª colocação.





"O treino foi muito bom, terminando em segundo lugar e podendo ajudar a equipe Panasonic Jaguar Racing a trabalhar no ajuste do carro ao longo do dia. O Nelsinho Piquet (titular do carro) é um grande amigo e me ajudou a melhorar a cada saída e fiquei bastante contente com o resultado, aproveitando bem esta ótima oportunidade. A equipe ficou feliz comigo e com o Paul (di Resta, que também esteve testando com o time) e tivemos um dia bem produtivo”, diz Fittipaldi, que deu 60 voltas no teste.